FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Jan 2015

Eixo Atlântico com quatro novos membros e orçamento de 2,6 milhões para este ano

Esta terça-feira, o município espanhol Barco de Valdeorras acolheu a reunião da Comissão Executiva do Eixo Atlântico. A Comissão Executiva vai remeter a aprovação da […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Esta terça-feira, o município espanhol Barco de Valdeorras acolheu a reunião da Comissão Executiva do Eixo Atlântico. A Comissão Executiva vai remeter a aprovação da Assembleia-Geral um orçamento de 2,6 milhões de euros para o ano de 2015. Segundo fonte do Eixo Atlântico, perto do 80% do orçamento da entidade transfronteiriça é gerado com recursos externos, principalmente em projetos europeus.
Para o Eixo Atlântico, este novo ano representa uma nova etapa, devido ao aumento do número de associados para 38, graças à entrada das cidades portuguesas da Maia e Santa Maria da Feira e, pela primeira vez, duas deputações galegas juntam-se à entidade transfronteiriça, a da Corunha e a de Lugo.
Os quatro novos membros foram selecionados num processo que durou um ano. No caso da Maia, trata-se de um dos grandes núcleos urbanos e industriais da área metropolitana de Porto, com mais de 100.000 habitantes. No caso de Santa Maria da Feira, trata-se da última cidade da região norte de Portugal. Por último, a incorporação das deputações galegas representa um salto qualitativo já que através delas vão juntar-se ao Eixo Atlântico áreas de influência das grandes cidades com um forte impacto económico e populacional.
Assim, o Eixo Atlântico inclui cidades e áreas de influência de cerca de 7 milhões de habitantes, o que torna a entidade na terceira área urbana da Península Ibérica, atrás de Madrid e Barcelona e à frente de Lisboa, sendo uma das dez principais áreas urbanas da Europa.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts