FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Jan 2015

Ponte de Lima: Pólo Industrial e Empresarial da Queijada acolhe mais duas empresas

A Câmara Municipal de Ponte de Lima deliberou aprovar duas propostas de aquisição de lotes de terreno no Pólo Industrial e Empresarial da Queijada. As […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Ponte de Lima deliberou aprovar duas propostas de aquisição de lotes de terreno no Pólo Industrial e Empresarial da Queijada. As propostas são da empresa “Disaglima Construções Lda.” e da BESTACTIVE – Gestão de Ativos, Lda. O número de empresas estabelecidas no Pólo Industrial e Empresarial da Queijada em Ponte de Lima tem vindo a aumentar, o que são boas perspetivas na ocupação deste espaço empresarial, que dispõe de infraestruturas de fibra ótica e de fácil acesso às principais vias de comunicação da região, nomeadamente à autoestrada A3, permitindo ligação direta à Galiza e aos aeroportos de Vigo e Porto. A “Disaglima Construções Lda” com um quadro de empregabilidade global de cerca de 265 funcionários, procura restruturar a sua atividade dotando de condições físicas adaptadas ao crescimento e evolução da empresa nos últimos anos. A atividade da BESTACTIVE, prende-se com o aluguer de equipamentos de escritório, de máquinas e de equipamentos informáticos, incluindo fotocopiadores, software e outro hardware. Bem como atividades relacionadas com a revenda e a gestão de equipamentos novos e usados; gestão e exploração de equipamentos informáticos e comércio, importação e exportação de material informático e de escritório. O projeto irá permitir a manutenção em Ponte de Lima dos atuais oito postos de trabalho. Trata-se da criação de emprego de qualificação profissional superior na área da eletrónica, informática e gestão. De realçar que ambas usufruem dos benefícios fiscais, tendo em conta as medidas implementadas pelo Município, no sentido de criar condições de maior atratividade para instalação de empresas no concelho, bem como, garantir uma melhor qualidade de vida e promover o desenvolvimento económico da região.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts