FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 05 Mar 2015

Viana: Centro de Dia e Apoio Domiciliário da Associação de Reformados vai apoiar uma centena de pessoas

O autarca de Viana do Castelo visitou esta quarta-feira o novo Centro de Dia e Apoio Domiciliário da Associação de Reformados e Pensionistas, uma valência […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O autarca de Viana do Castelo visitou esta quarta-feira o novo Centro de Dia e Apoio Domiciliário da Associação de Reformados e Pensionistas, uma valência situada na freguesia de Monserrate, junto à Igreja D’Agonia, e que vai apoiar diariamente uma centena de idosos. O espaço abriu as portas esta segunda-feira, representando um investimento superior a 900 mil euros e que demorou seis anos a ser concretizado, depois de variados atrasos.
O espaço é um projeto da Câmara Municipal vianense, que fica em terrenos libertados pelo anel viário construído pela VianaPolis. O equipamento nasce do acordo entre a autarquia e a Associação de Reformados, apoiando cinquenta utentes no Centro de Dia e cinquenta no Apoio Domiciliário, ajudando com alimentação, higiene pessoal e higiene do lar.
José Maria Costa, autarca vianense, explicou aos jornalistas que a nova valência foi financiada no âmbito do Programa de Alargamento da Rede de Equipamentos Sociais (PARES) e foi alvo de um protocolo onde a autarquia se comprometeu a comparticipar o custo da empreitada no que toca aos 40% não elegíveis na candidatura ao PARES. O socialista considera que este é um espaço há muito “ansiado” mas reconhece que o projeto, iniciado em 2009, sofreu diversos atrasos. “Infelizmente para todos nós, só agora esta obra começa a laborar”, assume.
Este era um “sonho antigo” da Associação de Reformados e Pensionistas e vai poder apoiar uma centena de idosos vianenses, dando um “contributo importante” à rede social vianense, explicou o autarca.
Vítor Meixedo, presidente da Direção da Associação de Reformados e Pensionistas do Distrito de Viana do Castelo, disse que esta foi “uma dura batalha” e explicou que ainda aguardam o protocolo com a Segurança Social. “O nosso acordo está garantido”, diz, esperando que o protocolo esteja pronto durante este mês.
Este é um equipamento de dois pisos e que tem uma área de 600 metros quadrados. O equipamento dispõe de um átrio, zona de direção e serviços administrativos, área de instalação de pessoal, zona de convívio, refeições, atividades, lavandaria e ainda gabinete de saúde. No exterior, o espaço inclui uma zona de estacionamento privado, estacionamento para utentes com mobilidade reduzida e também estacionamento público. Para o funcionamento deste espaço, contribuem 10 funcionários.
 

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts