FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 16 Mar 2015

Autarquia de Monção investe 8.000 euros para ajudar idosos desfavorecidos na compra de medicamentos

A Câmara Municipal de Monção vai apoiar os idosos mais desfavorecidos do concelho através da comparticipação na altura da aquisição de medicamentos. O regulamento, aprovado […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Monção vai apoiar os idosos mais desfavorecidos do concelho através da comparticipação na altura da aquisição de medicamentos. O regulamento, aprovado em reunião de câmara no mês de fevereiro, foi já publicado no Diário da República. Segue-se agora um período de audiência pública de 30 dias para recolha de sugestões. Posteriormente, o regulamento voltará a ser apreciado no Executivo Municipal e na Assembleia Municipal. Cumpridas estas formalidades, abrem-se as candidaturas aos interessados.
O apoio, destinado a 50 pessoas do concelho com idade igual ou superior a 66 anos com comprovada carência económica, traduz-se na comparticipação de 50% do encargo do utente na compra de medicamentos com receita médica. Estes podem ser adquiridos numa das seis farmácias existentes no concelho.
Augusto Domingues, autarca monçanense, afirma que “os reduzidos recursos financeiros aliados ao envelhecimento progressivo da nossa população levam-nos a equacionar medidas concretas para combater situações de adversidade social”. “Não queremos que ninguém deixe de tomar os remédios por não os poderem comprar. A nossa função é essa: ajudar quem mais precisa”, garantiu.
Cada utente terá um planfond anual de 160 euros. A conta corrente é feita através de um cartão que será disponibilizado aos beneficiários, sendo atualizado sempre que houver uma compra. Para esta iniciativa solidária, a autarquia inscreveu uma verba de 8 mil euros no orçamento municipal para o presente ano.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts