FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 30 Mar 2015

Cerveira: Município substitui 900 lâmpadas incandescentes por tecnologia LED para poupar 2.000 euros mensais

Em Vila Nova de Cerveira, o município prevê poupar mais de 2.000 euros por mês com a substituição de cerca de 900 lâmpadas incandescentes por […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Em Vila Nova de Cerveira, o município prevê poupar mais de 2.000 euros por mês com a substituição de cerca de 900 lâmpadas incandescentes por tecnologia LED. O processo de substituição das lâmpadas por tecnologia mais económica e amiga do ambiente será gradual e vai iniciar-se em quatro freguesias mais distantes da vila, devendo estar concluída até final do ano.
A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, em parceria com a CIM Alto Minho, viu aprovada uma candidatura lançada ao POVT na ordem dos 200 mil euros, comparticipada em 85% por fundos comunitários. A primeira fase deste investimento vai abranger as freguesias de Candemil, Mentrestido, Nogueira e Sapardos e ainda os dois polos industriais de Vila Nova de Cerveira, correspondendo à substituição de cerca de 900 luminárias incandescentes por tecnologia LED.
Fernando Nogueira, autarca de Cerveira, sublinha que as lâmpadas LED estão a revolucionar o mundo da iluminação, apresentando inúmeras vantagens, sendo as mais evidentes a poupança energética e uma maior proteção do ambiente. Feitas as contas, Fernando Nogueira confirma que, só esta primeira fase, implica uma poupança para o município na fatura da eletricidade superior a 2.000 euros mensais.
Concluída a primeira etapa, o objetivo da autarquia cerveirense é ampliar esta ação a todo o concelho. O responsável espera que o processo seja célere, dado que o atual Quadro de Referência Estratégica Nacional 2014-2020 disponibiliza um conjunto de verbas para a eficiência energética.
Perspetivando as vantagens destes equipamentos, a Câmara Municipal procedeu a uma redução do período de interrupção da iluminação pública, até aqui em vigor entre as 01h30 e as 05h30 da madrugada, passando para um período mais curto entre as 03h00 e as 05h00, devolvendo aos munícipes parte da poupança gerada.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts