FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Mar 2015

Valença: 61 mil árvores plantadas nos últimos anos poderão render 1,8 milhões de euros

  Em Valença, ao longo dos últimos cinco anos, já foram plantadas mais de 61 mil árvores, grande parte delas produzidas no horto municipal. Segundo […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

 
Em Valença, ao longo dos últimos cinco anos, já foram plantadas mais de 61 mil árvores, grande parte delas produzidas no horto municipal. Segundo a autarquia, em termos económicos, numa perspetiva de 30 anos, estas plantações podem trazer proveitos no valor de 1,8 milhões de euros para o concelho.
A autarquia, através dos serviços dos Sapadores Florestais, este ano, já procedeu à reflorestação de várias áreas, com a plantação de 11.056 árvores folhosas e resinosas, apostando em árvores autóctones como o medronheiro, azevinho, o pinheiro manso e bravo, o carvalho alvarinho, a aveleira, a azinheira, o freixo, entre outras espécies.
As ações de reflorestação foram planeadas de modo a criar faixas arborizadas, com espécies autóctones, com grande capacidade de resistência aos incêndios florestais. A reflorestação decorreu nas freguesias de Cerdal, Ganfei, Fontoura, Verdoejo, São Pedro da Torre e Sanfins, em áreas baldias. Nas próximas semanas a autarquia vai proceder, também, à execução de fogo controlado, com o objetivo de proteger explorações florestais e áreas habitacionais em interface urbano/florestal.
Para Jorge Mendes, autarca local, “Valença tem que tirar partido do solo florestal disponível, dando riqueza ao concelho e combatendo os incêndios, protegendo as pessoas, as áreas residenciais, as explorações florestais e as áreas de interesse ambiental especial”.
Estes trabalhos têm sido desenvolvidos pela Câmara Municipal de Valença, através das equipas de Sapadores Florestais, em parceria com as juntas de freguesia e os conselhos diretivos dos baldios. Este trabalho deverá ser alargado a todo o concelho, melhorando o ambiente, recuperando os pulmões verdes do concelho e criando recursos económicos, a longo prazo para Valença.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts