FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Mar 2015

Viana: Freguesia de Alvarães vive tradição com meio século de existência e celebra “Via Sacra com quadros vivos”

Este sábado à noite, a freguesia de Alvarães revive uma tradição de Páscoa que já tem mais de 50 anos de existência e que envolve, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este sábado à noite, a freguesia de Alvarães revive uma tradição de Páscoa que já tem mais de 50 anos de existência e que envolve, todos os anos, centenas de pessoas. A “Via Sacra com quadros vivos” acontece este sábado no centro da vila e conta com a participação de centenas de pessoas dos 8 aos 80 anos.
Cerca de 150 pessoas, sobretudo jovens, começam a preparar com devoção e afinco, um mês antes, os “quadros vivos” que retratam a caminhada de Jesus a carregar a Cruz desde o Pretório de Pilatos até o monte Calvário. Num percurso de mais de três quilómetros, que liga as 14 capelas da freguesia, cerca de meio milhar de pessoas assiste a este momento de fé e arte popular em Alvarães.
António Gonçalves, pároco da freguesia há quase 50 anos e um dos maiores impulsionadores para a continuação desta tradição, explica que na freguesia de Alvarães existe uma “profunda devoção” à Via Sacra, que começou “a ser promovida pelos jovens aqui da terra, com a organização dos quadros vivos que fazem deste momento um cartaz para que mais pessoas possam visitar a freguesia”, garantindo que “vem muita gente dos arredores para apreciar” este momento de fé.
Graça Reis está na organização do evento, onde conta com o apoio de mais três colegas, e explica que estão já há um mês a organizar este dia “que começa no sábado de manhã com a decoração das 14 capelas mais a igreja da freguesia e termina no mesmo dia por volta das 23 horas””. A decoração de todas as capelas, que representam as estações da Via Sacra de Cristo, é feita com muita dedicação e empenho pelos jovens da terra, que tornaram este ato de fé e religiosidade também num dia de convívio.
Graça Reis afirma que cada grupo é “responsável por uma capela” e que os grupos “arranjam tratores, terrão do campo, arbustos, placas, escadas, rampas para as personagens se moverem”. Explica que esta é uma tradição que “ganha força de ano para ano e que junta várias gerações”, acrescentando que “os pais que participam trazem os filhos ou então são os filhos a trazerem os pais para participar”.
A Junta de freguesia que apoia esta iniciativa reconhece a importância da tradição entre as gentes da freguesia e sobretudo o crescente envolvimento dos mais novos. Fernando Martins, presidente da Junta de Freguesia de Alvarães, garante que “as pessoas da freguesia são religiosas e unem-se em comunhão com a fé”. Garante que “a participação das pessoas é enorme e a intergeracionalidade é muito interessante. A cada ano que passa cresce o empenho, tornando estes quadros mais bonitos e mais profissionais, o que atribui maior realismo à representação”.
 Pelo terceiro ano consecutivo, no domingo realiza-se a Entrada Triunfal de Jesus, pelas 10 horas, no centro da Vila de Alvarães.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts