FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 12 Abr 2015

ENVC não foram extintos e continuam a fazer adjudicações

Já lá vai mais de um ano. Foi em Janeiro do ano passado que o Governo assinou o contrato de subconcessão dos Estaleiros Navais de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Já lá vai mais de um ano. Foi em Janeiro do ano passado que o Governo assinou o contrato de subconcessão dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo à Martifer, dando origem à nova empresa lá instalada, a West Sea. Mas quem fala em “extintos” Estaleiros Navais de Viana do Castelo engana-se, porque eles não foram extintos e, aliás, até estão ativos no que toca à adjudicação de serviços. De acordo com a base de dados dos contratos públicos do Governo, no dia 8 deste mês a Estaleiros Navais de Viana do Castelo S.A. adjudicou, por ajuste direto è empresa RP&S – Auditores e consultores, Lda, por 13 200 euros, e por um prazo de 3 meses e 28 dias, a aquisição de serviços de Contabilidade. Nesse mesmo dia foi publicada a adjudicação, também por ajuste direto, à empresa EuroSeparadora – Gestão de Resíduos, Lda., por 25 mil euros, a aquisição de serviços para escoamento de resíduos, mais concretamente,  “serviços de tratamento e eliminação de resíduos e lixos não-perigosos”. A duração da empreitada é de 2 meses e 29 dias. Refira-se que, no final de Novembro do ano passado, a empresa já tinha adjudicado à empresa Carmona S.A., uma empreitada para escoamento de resíduos no valor de 74 990 euros e que tinha um prazo de execução de 30 dias. Recorde-se que o Ministério da Defesa tinha anunciado, há mais de um ano, que após a alienação de todos os ativos que não foram incluídos na subconcessão dos terrenos, os ENVC seriam extintos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts