FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 06 Abr 2015

Paredes de Coura: Mulher que ficara com 90% do corpo queimado em explosão acabou por morrer

Acabou por morrer a mulher de 50 anos de idade que tinha sofrido queimaduras “em cerca de 90% do corpo” na sequência de uma explosão numa […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Acabou por morrer a mulher de 50 anos de idade que tinha sofrido queimaduras “em cerca de 90% do corpo” na sequência de uma explosão numa casa em Paredes de Coura. A vítima acabou por falecer no domingo, ao final da tarde,  no Hospital de São João, no Porto.
Recorde-se que a explosão na habitação na freguesia de Agualonga, concelho de Paredes de Coura, acontecera na sexta-feira de manhã, pelas 11:20, e terá tido origem “numa fuga de gás na canalização da habitação”. A vítima mortal foi, na altura, transportada pelo helicóptero do Centro de Orientação de Doentes Urgentes (CODU) para o Hospital de S. João, no Porto.
Além da senhora de 50 anos, vários familiares ficaram feridos. A filha da vítima, de 24 anos, ficou “com cerca de 20% do corpo queimado” e foi transportada por uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) para o mesmo hospital mas acabaria por ser transferida para o hospital da Prelada. De acordo com fonte daquela unidade hospitalar a jovem encontra-se “estável” e com “prognóstico favorável”. A explosão provocou ainda ferimentos ligeiros num homem, com cerca de 50 anos, e num rapaz de 16 anos, marido e filho da mulher que morreu no domingo.
Uma equipa da Polícia Judiciária [PJ] esteve no local a investigar as causas da explosão.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts