FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Abr 2015

Viana: Alvarães recebe este fim-de-semana meio milhar de praticantes de Todo o Terreno

Este fim de semana a freguesia de Alvarães, na margem esquerda o rio Lima, em Viana do Castelo, recebe mais de meio milhar de praticantes […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este fim de semana a freguesia de Alvarães, na margem esquerda o rio Lima, em Viana do Castelo, recebe mais de meio milhar de praticantes de Todo o Terreno, nas categorias de motorizados e bicicletas oriundos de vários pontos do país, de Espanha e França.
A paixão por estas modalidades leva, durante todo o ano, os organizadores de duas associações da freguesia a garantir a limpeza dos caminhos florestais, que utilizam para aquela prática desportiva.
Desta forma, contribuem voluntariamente para a manutenção dos acessos, muitas vezes utilizados pelas corporações de bombeiros durante a época crítica de fogos florestais.
“A manutenção e limpeza à beira rio, nos montes e vales, enriquece o nosso património. Estas associações desportivas têm feito um trabalho muito importante, porque hoje em dia ninguém limpa os montes, sendo este um grande contributo popular”, destacou Fernando Martins, presidente da Junta de Freguesia de Alvarães.
No sábado, o Passeio TT motorizado “Rota do Barro” vai contar com a participação de cerca de 300 praticantes, 100 dos quais oriundos de França que “tiram férias propositadamente para marcar presença na iniciativa”.
“Obriga-nos a uma grande logística mas é uma participação que engrandece o evento. Este ano, pela primeira vez, contamos receber praticantes de Madrid, mas confirmados estão sobretudo da Galiza. Isto é um passeio de convívio, lazer e, de entreajuda”, explicou Rui César, da organização, também ele praticante.
O Passeio TT “Rota do Barro” surgiu em 2010, promovido por um grupo de amigos de Alvarães e da freguesia de Forjães, no concelho vizinho de Esposende.
“Andar de mota, ficar enlameado, a entreajuda, descobrir o prazer da natureza de andar no monte, é também uma terapia”, afirmou aquele membro da organização, realçando o aumento de participantes de ano para ano.
O percurso terá entre 90 a 100 quilómetros de extensão, com dificuldade média, constituído por vias em terra batida e alcatrão entre os concelhos de Viana, Barcelos e Esposende.
No domingo, cerca de 300 praticantes de BTT, vindos sobretudo da zona norte do país, vão percorrer o “Trilho dos Andores Floridos 2015”, organizado pela Associação Desportiva de BTT – Os Reumáticos (ADBR).
A quinta edição apresenta como novidades um percurso de 15 quilómetros para os mais novos, denominado “Mini reumáticos”, e uma caminhada a pensar nos acompanhantes que, assim, “podem disfrutar das belas paisagens do Vale do Lima”.
O “Trilho dos Andores Floridos 2015” desafia a um passeio entre lazer e convívio à descoberta de novos trilhos, pelos montes e vales de Alvarães.
“Além da prática do desporto, proporciona o convívio com o grupo, porque esta modalidade é sempre melhor quando envolve várias pessoas, até para maior segurança, promovendo o contacto com a natureza e a descoberta de novos trilhos, ainda escondidos”, explica Rui Soares, membro da ADBR.
Todos os anos a associação procura novos trilhos para dar a conhecer diferentes paisagens da região, o que contribui para manter limpas zonas do monte normalmente inacessíveis.
“Temos gozo em andar por caminhos desconhecidos e para isso vamos limpando essas áreas para podermos praticar o BTT, e ao mesmo tempo, fazemos um trabalho importante no nosso monte no que diz respeito à prevenção de fogos, abrindo acessos que facilitam o trabalho dos bombeiros”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts