FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Mai 2015

Arquivos dos Governos Civis de Portugal estão online

Os arquivos dos Governos Civis de Portugal estão agora ao dispor do público, em agc.sg.mai.gov.pt. Este projeto envolve a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Os arquivos dos Governos Civis de Portugal estão agora ao dispor do público, em agc.sg.mai.gov.pt. Este projeto envolve a Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna e a KEEP SOLUTIONS, spin-off da Universidade do Minho responsável pelo software (Archeevo) que gere e disponibiliza os conteúdos. Qualquer cidadão pode consultar nesta aplicação informática uma grande panóplia de informação, como passaportes, eleições, associações, licenças de porta aberta, alvarás de funcionamento e processos eleitorais desde o século XVI. A SGMAI, responsável pelo projeto, tem em curso o extenso trabalho de tratamento, digitalização e registo de toda a documentação. Como resultado deste trabalho já estão disponíveis para consulta cerca de 65 mil registos, os quais terão brevemente as imagens associadas. Os Governos Civis, enquanto órgão representante do Governo em cada distrito, foram criados em 1835 e extintos em 2011, sendo as suas competências transferidas desde então para órgãos como os municípios, a PSP, a GNR e a Autoridade Nacional de Proteção Civil. O atual Governo entendeu dar a melhor atenção à memória histórica do património dos Governos Civis, pelo seu papel fundamental na vida social, política e económica das regiões. Este espólio é considerado “uma fonte extraordinária para a reconstituição da história regional e nacional que importa salvaguardar e preservar”. A SGMAI lançou para o efeito um concurso público internacional para o projeto “Os Governos Civis de Portugal. História, Memória e Cidadania”, tido como prioritário, de interesse estratégico e no âmbito do Sistema de Apoio à Modernização Administrativa. O software da KEEP SOLUTIONS foi o eleito para suportar os conteúdos: “Tem caraterísticas que contribuem positivamente para o processo de interoperabilidade e adequa-se perfeitamente nas prioridades nacionais em matéria de modernização administrativa e administração eletrónica, assim como na simplificação das tarefas a cargo dos recursos da SGMAI, no que respeita à gestão de recursos documentais”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts