FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 18 Mai 2015

Em tempos de crise, autarca de Viana assume parte da pasta da Ação Social

Para conseguir dar uma resposta mais rápida e eficaz a situações urgentes em tempos de crise, o autarca de Viana do Castelo vai assumir “parte” […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Para conseguir dar uma resposta mais rápida e eficaz a situações urgentes em tempos de crise, o autarca de Viana do Castelo vai assumir “parte” do pelouro da Ação Social. Até ao final do Verão, José Maria Costa vai passar a partilhar a pasta com a vereadora Ana Margarida Silva. Aos jornalistas, o socialista diz que se trata de um “reposicionamento estratégico” porque se está a entrar num novo ciclo de fundos comunitários, “muito mais difícil e com muito menos dinheiro”. O responsável destaca os cortes “muito grandes” que este Governo tem vindo a fazer nas transferências de verba para os municípios, realçando os 2,2 milhões de euros a menos que a autarquia vianense recebe, por ano, em comparação com 2010.
“Vou tomar conta, mais de perto, de algumas áreas que coordenava de uma forma mais distante. Agora vou ter de estar mais presente porque a situação económica e social a isso obriga”, explica José Maria Costa.
“O Governo tem-nos causado inúmeros constrangimentos financeiros e, no próximo quadro comunitário de apoio, não estão previstas verbas significativas e suficientes face às necessidades”, considera. Face a todas estas dificuldades, José Maria Costa diz que a situação das famílias é cada vez mais “precária”, o que obriga a que a autarquia “esteja muito mais atenta e mais operante no que toca às respostas sociais”. Para poder estar “mais presente e mais atuante” em alguns “fóruns”, José Maria Costa vai “partilhar” alguma das responsabilidades da área social e da área da economia com os vereadores até agora responsáveis pelos dois pelouros, Ana Margarida Silva e Luís Nobre.
“As instituições estão a passar por muitas dificuldades (…), nós temos de estar muito atentos”, referiu o responsável. “É nossa obrigação, enquanto o poder de proximidade mais próximo das pessoas e das instituições, estarmos presentes e podermos responder. Por vezes os assuntos eram tratados em fóruns, em plataformas concelhias ou supraconcelhias, através da vereadora, e, às vezes, há necessidade de uma decisão mais célere. Por isso, eu vou assumir algumas componentes estratégicas, quer na área social quer na área da economia, para assumir a liderança de reuniões e poder decidir, na hora, algumas das situações que são mais preocupantes”, justificou.
“Isto não se faz de um dia para o outro”, admite o responsável, referindo que estão a tratar destas alterações “gradualmente”, mas acrescentando que “até final do Verão” as mudanças na vereação deverão estar concretizadas.
A partir de julho, a área das Obras Públicas, que estava com o autarca, passará para a alçada de Vítor Lemos, atual vice-presidente e responsável pelos Serviços Municipalizados de Saneamento Básico de Viana do Castelo (SMSBVC).

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts