FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Mai 2015

Governo vai negociar construção de dois navios patrulha e diz que os ENVC “já não existem”

O Conselho de Ministros autorizou esta quinta-feira a aquisição de dois navios-patrulha oceânicos por 77 milhões de euros. “Estes navios-patrulha destinam-se a substituir as corvetas […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Conselho de Ministros autorizou esta quinta-feira a aquisição de dois navios-patrulha oceânicos por 77 milhões de euros. “Estes navios-patrulha destinam-se a substituir as corvetas das classes ‘João Coutinho’ e ‘Baptista de Andrade’, navios que já há muito ultrapassaram a estimativa de vida útil”, diz o Comunicado do Conselho de Ministros. No entanto, e para além daquilo que é o comunicado oficial, há também a destacar as declarações finais do Porta-voz do Conselho de Ministros, Marques Guedes, nas quais refere que “Os Estaleiros Navais de Viana do Castelo já não existem” e que, quanto à construção dos navios patrulha, as entidades que operam na empresa “já operavam com a Defesa Nacional relativamente a outro tipo de projetos” “o que haverá agora é um projeto de negociação junto dessas entidades, por consulta, para a adjudicação da construção dos dois navios de patrulha oceânica”. Apesar dos ENVC não estarem ainda extintos fica agora por esclarecer se a construção dos patrulha será entre à West Sea ou à nova empresa criada pela Empordef, a Empordef Engenharia Naval. Os dois navios deverão estar concluídos em 2017, para serem entregues à Marinha em 2018.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts