FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 14 Mai 2015

PSD abandona reunião da Câmara de Viana em protesto contra atitude antidemocrática do autarca

Esta quinta-feira, os dois vereadores do PSD presentes na reunião ordinária da Câmara Municipal de Viana do Castelo abandonaram a sessão em protesto contra “a […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Esta quinta-feira, os dois vereadores do PSD presentes na reunião ordinária da Câmara Municipal de Viana do Castelo abandonaram a sessão em protesto contra “a atitude antidemocrática e desigual que o presidente do município tem para com os diferentes vereadores”. Helena Marques e Marques Franco, os dois vereadores laranjas presentes, apresentaram um voto de protesto para constar em ata, antes de abandonarem a sala de reuniões.
Helena Marques explicou que em causa está o facto de o edital da ordem de trabalhos da reunião camarária não especificar as duas propostas que os vereadores do PSD apresentaram para discussão na sessão desta quinta-feira. O documento apresentava num único ponto intitulado “Propostas do PSD” os dois projetos da bancada social-democrata o que, para os sociais-democratas, é uma forma de o autarca José Maria Costa tentar “desprestigiar e esconder” o trabalho que a oposição tem feito.
“Uma vez mais, nos assuntos incómodos, para os quais nunca apresentou solução, o presidente tenta escondê-los, impedindo assim que a mensagem de que os vereadores do PSD têm soluções passe para os vianenses”, lê-se no voto de protesto. “Perante estas circunstâncias, somos forçados a deixar o presidente do município a falar sozinho, que pelos vistos é o que mais gosta de fazer”, afirmaram os vereadores.
“Têm sido acontecimentos sucessivamente iguais, em que o presidente nos nega alguma informação ou não faz o que nós pedimos, mesmo que esteja na lei geral ou no regimento”, acusou Helena Marques. Em declarações à Geice, a vereadora que o PSD apresentou, para discussão na reunião de hoje, a alteração ao regimento para que o dia das reuniões autárquicas seja mudado, e a deslocalização do horto municipal para a criação de estacionamento sem custos. “Foi uma decisão política incluir todas as nossas propostas num único ponto que nem tem título”, criticou a social-democrata.
“Incluir na ordem  de trabalhos pontos para discutir e votar é um direito que nos assiste e ao qual jamais renunciaremos”, consideram, afirmando que “toda e qualquer atitude que vá contra este pilar democrática será entendida por nós como uma tentativa de ocultar e desprestigiar o trabalho que temos desenvolvido em prol de Viana e dos vianenses”.
No final da reunião de executivo, que contou apenas com vereadores PS e CDU, José Maria Costa, autarca local, disse que os vereadores sociais-democratas são uns “vidrinhos de cheiro”.
“As propostas do PSD foram integradas como propostas do PSD, estavam lá”, afirma o responsável, dizendo que os vereadores “não quiseram discutir as propostas” mas garantindo que na próxima reunião ordinária os documentos voltam a estar disponíveis para análise e votação.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts