FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Mai 2015

Um milhar de apoiantes no início da viagem que atleta fará entre Viana e Faro em bicicleta adaptada

Este sábado, o centro de Viana do Castelo deverá acolher cerca de 1.000 pessoas que vão assistir à partida de uma viagem entre a capital […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este sábado, o centro de Viana do Castelo deverá acolher cerca de 1.000 pessoas que vão assistir à partida de uma viagem entre a capital do Alto Minho e Faro, em bicicleta adaptada. Jorge Pereira, presidente da Associação Mobilitas e atleta que fará a viagem de norte a sul do país, espera mais de mil pessoas, na cidade, para apoiarem esta causa. O responsável afirma que esta viagem em bicicleta adaptada pretende alertar para os “desafios” que as pessoas mobilidade reduzida enfrentam no dia-a-dia e considera que a população da cidade tem apoiado a iniciativa de uma forma “fantástica”. “Cerca de 800 pessoas fizeram uma inscrição simbólica para manifestar a sua solidariedade”, afirmou, esperando que o número de apoiantes ultrapasse o milhar, no sábado.
Esta quarta-feira, a Biblioteca Municipal de Viana do Castelo recebeu uma sessão pública de apresentação desta iniciativa “Portugal Sem Barreiras”. A partida com destino a Faro está marcada para às 09:30 de sábado, da Praça da Liberdade, em Viana do Castelo, estando previsto o encerramento ao trânsito da ponte Eiffel sobre o rio Lima para este momento.
Jorge é professor de educação física, tem 43 anos, e ficou tetraplégico quando teve um acidente enquanto praticava surf, no ano de 2013. Após o grave acidente que sofreu na praia de Afife, em Viana do Castelo, e após meses de recuperação, o atleta tem vindo a promover várias iniciativas “para influenciar positivamente e contagiar a comunidade” e para ajudar a ultrapassar “as barreiras físicas, psicológicas e emocionais” que uma pessoa com mobilidade reduzida enfrenta.
Com esta viagem, que o obrigará a percorrer mais de 1.200 quilómetros em bicicleta adaptada, quer sensibilizar a população de todo o país para as dificuldades sentidas pelas pessoas que têm mobilidade reduzida.
Jorge Pereira explica que esta iniciativa é uma campanha de solidariedade que tem por objetivo a angariação de verbas para comparticipar tratamentos, adquirir equipamentos e ainda melhorar as condições de vida das pessoas que estão associadas à Associação Mobilitas.
Na sessão pública, o atleta explicou que esta viagem vai servir para angariar verbas para ajudar a jovem Catarina Santos, de Sesimbra, que ficou tetraplégica depois de sofrer um acidente enquanto praticava trampolim. “As verbas angariadas serão a 100% para a causa da Catarina”, revelou.
Ao longo dos 20 dias de viagem, o atleta irá fazer 18 paragens, em cidades como Porto, Aveiro, Viseu, Serra da Estrela, Lousã, Fátima, Lisboa, Sesimbra, terminando em Faro a 14 de junho. Nestas paragens, já tem reuniões marcadas com os responsáveis pelos diferentes municípios, para poder “ouvir e partilhar ideias e iniciativas”.
A Mobilitas, associação sem fins lucrativos criada por Jorge Pereira, em 2014, pretende, entre muito mais, “sensibilizar a comunidade para a autonomia, força de vontade e capacidade de superação de barreiras físicas e mentais”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts