FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Mai 2015

Viana: Primeiro-Ministro anuncia que West Sea vai construir dois NPOs para a Marinha Portuguesa

O Primeiro-Ministro confirmou esta quarta-feira que a West Sea vai construir dois Navios Patrulha Oceânicos (NPO) para a Marinha portuguesa. A empresa subconcessionária dos Estaleiros […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Primeiro-Ministro confirmou esta quarta-feira que a West Sea vai construir dois Navios Patrulha Oceânicos (NPO) para a Marinha portuguesa. A empresa subconcessionária dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) deverá começar a construir os dois navios em setembro, numa encomenda de 77 milhões de euros.
Pedro Passos Coelho visitou esta quarta-feira Viana do Castelo para participar na cerimónia que assinalou o primeiro ano de trabalho da West Sea, desde que assumiu a subconcessão dos terrenos e infraestruturas dos ENVC. Este contrato com a Marinha portuguesa vai permitir a criação de 200 novos postos de trabalho efetivos na West Sea, a juntar aos atuais 200 funcionários da empresa, a que acrescem mais 320 subcontratados. Assim, segundo revelou, são atualmente 520 pessoas a trabalhar na empresa vianense mas o governante assume que, “em breve”, o número de contratados deverá duplicar.
“A curto prazo”, anunciou o líder, “vamos atribuir a esta empresa um contrato para a construção de dois novos NPO”. “A muito curto prazo vamos autorizar o Ministério da Defesa a poder fazer este contrato. É muito importante que esta capacidade de construção naval possa voltar a ser desenvolvida em Viana”, assumiu Passos Coelho.
Ao mesmo tempo, considerou que com a entrega dos ENVC à West Sea “resolvemos um problema muito sério, o do emprego”. Os dois Navios de Patrulha Oceânica deverão estar concluídos em 2017, no âmbito da nova Lei de Programação Militar, para serem entregues à Marinha Portuguesa em 2018.
Recorde-se que, no início desta semana, o autarca de Viana do Castelo, José Maria Costa, apelou ao primeiro-ministro para que os navios fossem construídos nos estaleiros subconcessionados à West Sea, de forma “a ativar” a construção naval no concelho, vontade que acaba de ser cumprida.
A empresa liderada por Carlos Martins já efetuou a reparação e/ou reconversão de 37 navios, em um ano, dos quais 22 foram reparados em 2014, nos primeiros seis meses de atividade.
No que toca a construção naval, a West Sea tem em carteira dois navios-hotel, uma encomendada pela Douro Azul e uma outra por um armador australiano, ambos “em construção”.
Antes da subconcessão, os Estaleiros Navais de Viana do Castelo construíram dois Navios Patrulha Oceânicos para a Marinha, num investimento de cerca de 120 milhões de euros. O NRP (Navio da República Portuguesa) “Viana do Castelo”, como foi batizado o primeiro da classe, foi entregue pelos ENVC à Marinha em 2011. O segundo navio, o “Figueira da Foz”, ficou concluído em dezembro de 2013. Com o encerramento dos ENVC, os projetos destes navios passaram para a tutela do ministério da Defesa, tutelado por Aguiar-Branco.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts