FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 01 Jun 2015

10 Milhões de euros: Museu do Mar poderá ser alvo de candidatura ao novo Quadro Comunitário

Em breve vai começar a demolição dos antigos armazéns de aprestos situados junto à Doca de Pesca de Viana, para dar lugar a novos equipamentos. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Em breve vai começar a demolição dos antigos armazéns de aprestos situados junto à Doca de Pesca de Viana, para dar lugar a novos equipamentos. A primeira pedra da obra foi lançada pelo Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, e pelo vice-presidente da Câmara de Viana, Vítor Lemos, uma vez que a intervenção também terá o apoio da autarquia vianense. A intervenção vai custar cerca de 2 milhões e 200 mil euros e, de acordo com Francisco Portela Rosa, da Vianapesca, deverá servir cerca de 2 dezenas de empresas, sendo que a área de armazéns será duplicada. O Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, voltou a levar consigo um projeto que lhe foi apresentado há 3 anos, o do Museu do Mar, e que agora foi reformulado. Trata-se da construção de um Museu do Mar, a instalar na frente ribeirinha, e que implica um investimento de 10 milhões de euros. Pinto de Abreu referiu que na altura o projeto não era enquadrável no atual Quadro Comunitário de Apoio, mas acredita que os novos fundos comunitários deverão possibilitar a candidatura. O Museu do Mar é um megaprojeto que envolve desde a formação à criação de um grande oceanário digital em forma de abóboda, com características de interatividade. É um projeto que visa não só ser um repositório das artes tradicionais da pesca e das nossas espécies, mas também um espaço de aprendizagem, de atratividade turística e de criação de novos empregos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts