FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Jun 2015

Empresário vianense de sucesso no Brasil lamenta ser ignorado pelo país e por Viana do Castelo

Começou em Viana do Castelo com a BMVIV e, a partir de 2009, decidiu investir no Brasil onde já lançou duas empresas de sucesso, a […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Começou em Viana do Castelo com a BMVIV e, a partir de 2009, decidiu investir no Brasil onde já lançou duas empresas de sucesso, a VIV BRASIL E VIV ENERGIA E AMBIENTE. Apesar de ter a sua posição consolidada no mercado nacional e internacional, o empresário Licínio Lima diz ter uma mágoa, a de não ser visto nem em Portugal, nem na sua própria terra, Viana do Castelo. O empresário, que tem percorrido todo o Brasil, recorda que tanto ele como outros empresários da região poderiam ser, de uma forma muito simples, embaixadores de Viana do Castelo no mercado turístico externo. O problema é que, para as autoridades locais e nacionais, parecem ser invisíveis. Licínio Lima afirmou-se no Brasil por sua conta e risco, aprendendo com os erros, visto que não contou com qualquer tipo de apoio, nomeadamente da AICEP. A Câmara do Comércio foi a única entidade a ter um papel positivo neste processo. Diz ainda que, por parte da Câmara de Viana, há uma “distração imensa” em relação aos seus empresários, que poderiam ser os principais embaixadores da cidade no mundo. O empresário vianense espera, no Brasil, vender até ao final do ano 70% do capital de uma das empresas a uma multinacional, e vender a empresa de resíduos na totalidade quando inaugurar as duas ou três primeiras centrais.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts