FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 16 Jun 2015

Feira Medieval de Viana do Castelo sem “porco no espeto” por uma questão de saúde pública

Este ano, e pela primeira vez, a Feira Medieval de Viana do Castelo não contará com o sabor do porco no espeto, numa decisão tomada […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este ano, e pela primeira vez, a Feira Medieval de Viana do Castelo não contará com o sabor do porco no espeto, numa decisão tomada por razões de saúde pública, disse fonte da organização. Pela primeira vez em sete anos, os habituais assadores de porco no espeto não vão marcar presença na feira medieval vianense, numa decisão conjunta da Vianafestas com a Câmara Municipal, face “a um conjunto de fatores registados em edições anteriores”.
António Cruz, diretor executivo da VianaFestas, explicou que no ano passado “foram encontradas carcaças de porco a boiar no rio, na zona da marina”, o que terá pesado muito nesta decisão, acrescentando que “também não houve cuidado, por parte dos mercadores e feirantes, de proteger o lajedo do centro histórico da gordura que cai dos assadores”. “Achamos que isto não está bem”, declarou à Geice o responsável.
António Cruz explicou também que as reclamações de comerciantes e moradores nas ruas do centro histórico também tiveram relevância na decisão de proibir o porco no espeto, pois o fumo dos assadores invadia estabelecimentos comerciais e “por exemplo no pronto-a-vestir, as peças ficavam a cheirar a porco assado”.
Por tudo isto, no regulamento do evento consta agora que “é expressamente proibido assar porco no espeto no recinto da Feira”, o que terá desagradado a algumas pessoas, apesar de António Cruz acreditar que tal não irá impedir o sucesso da Feira Medieval.
Este ano, a Feira Medieval vianense acontece de 18 a 21 de junho, entre quinta-feira e domingo, e conta com mais de 200 feirantes e artesãos vindos de todo o país.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts