FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 22 Jun 2015

Festa das Neves: “Auto da Floripes” cumpre-se a 5 de agosto depois de acordo conquistado em Tribunal

Depois de um impasse de alguns meses, ficou esta segunda-feira garantida a representação popular bicentenária do “Auto da Floripes” no Lugar das Neves, local que […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Depois de um impasse de alguns meses, ficou esta segunda-feira garantida a representação popular bicentenária do “Auto da Floripes” no Lugar das Neves, local que une os limites das freguesias de Barroselas, Mujães e Vila de Punhe, no concelho de Viana. Esta segunda-feira, no Tribunal Judicial de Viana do Castelo, foi conseguido um acordo entre o presidente da comissão das festividades das Neves e o Núcleo Promotor do Auto da Floripes 05 de Agosto, o que permitirá que, a 5 de Agosto, se cumpra uma tradição com mais de 200 anos, com a representação popular “Auto da Floripes”.
Recorde-se que, José Fernandes, presidente da Comissão de Festas em Honra de Nossa Senhora das Neves, tinha instaurado uma providência cautelar contra o Núcleo Promotor do Auto da Floripes 05 de Agosto, contra Luís Franco, Marco Novo e Pedro Rego. Na providência cautelar, movida em finais do mês de maio, segundo o Núcleo Promotor, o presidente da Comissão de Festas pretendia “que o Tribunal declarasse a Comissão de Festas em Honra de Nossa Senhora das Neves como titular exclusiva do direito de promover, produzir, coordenar e representar o Auto da Floripes”, proibindo o Núcleo de o fazer “a qualquer título”.
Em causa estava a representação popular “Auto da Floripes” que, como manda a tradição, é feita todos os anos, na tarde de 05 de agosto, durante a Festa das Neves, comum a três freguesias do concelho vianense: Vila de Punhe, Mujães e Barroselas. Este é um dos momentos emblemáticos da festa e, este ano, pela primeira vez, não foi incluído no programa por causa das divergências entre a Comissão de Festas e o Núcleo Promotor. O Núcleo Promotor já trabalha em prol da promoção desta tradição desde 2010 mas, a 10 de Junho deste ano, constituiu-se formalmente enquanto Associação Cultural.
Perante o juiz do Tribunal de Viana, as partes conseguiram um acordo, depois de quase três horas de conversações. A Comissão de Festas ficou com a responsabilidade exclusiva da representação do Auto da Floripes durante as Festas das Neves e, durante o resto do ano, qualquer núcleo ou coletividade local pode reproduzir e divulgar a peça de teatro popular.
José Fernandes, presidente da Comissão de Festas das Neves, explicou à Geice, à saída do tribunal, estar “muito satisfeito” com o acordo pois “no dia 5 de Agosto, dia da padroeira, é a Comissão de Festas que tem toda a legalidade para representar o Auto da Floripes”. “A juíza deu-nos razão. Quem vai promover o Auto da Floripes no dia 5 de Agosto é a Comissão de Festas. A partir daí, fora das Festas das Neves, toda a comunidade pode gozar do Auto, e não um Núcleo qualquer”, explicou o responsável pelas festividades deste ano.
Disse ainda que a Comissão de Festas “já está a treinar para representar o Auto”, com um total de 25 elementos envolvidos nesta peça de teatro popular.
Já Pedro Rego, responsável pelo Núcleo Promotor do Auto da Floripes 05 de Agosto, também se mostrou satisfeito com o entendimento alcançado pois, segundo afirma, vem demonstrar que “a providência cautelar não fazia qualquer tipo de sentido”.
“Durante as Festas da Sra. das Neves a responsável pelo Auto da Floripes é a Comissão de Festas porque é a responsável pela programação das festas. No entanto, tirando o dia 5 de agosto, qualquer pessoa, entidade ou qualquer associação pode promover, organizar e representar o Auto da Floripes porque o Auto não é propriedade da Comissão de Festas, mas sim de toda a comunidade interceptada no Largo das Neves – Barroselas, Vila de Punhe e Mujães”, defendeu o responsável.
O Núcleo Promotor terá atividade “constante” ao longo de todo o ano, para “salvaguardar a existência do Auto da Floripes”, segundo Pedro Rego. Assim, em outubro, o núcleo irá divulgar a representação popular junto do Agrupamento de Escolas de Barroselas, numa atividade desenvolvida desde 2011 para “incutir junto dos mais novos o valor, a importância e as caraterísticas do Auto da Floripes”.
Depois do acordo em tribunal, conseguido esta segunda-feira, a representação volta a acontecer, dia 05 de Agosto, pelas 17:30. O “Auto de Floripes” é representado por cerca de 25 comediantes populares da região e baseia-se num episódio extraído da guerra entre o imperador Carlos Magno e o rei Turco Almirante Balaão, uma guerra entre cristãos e mouros, onde os cristãos saem vitoriosos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts