FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 26 Jun 2015

Vila Nova de Anha: Trasladação do corpo do antigo Pároco divide localidade

Cerca de duas centenas de pessoas marcaram presença na última Assembleia de Freguesia de Vila Nova de Anha, para discutir um tema que está a […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Cerca de duas centenas de pessoas marcaram presença na última Assembleia de Freguesia de Vila Nova de Anha, para discutir um tema que está a gerar alguma polémica na localidade, e que tem a ver com a trasladação do antigo Pároco, Alípio Lima, falecido há dois anos e meio, para o cemitério da sua terra natal, Vila de Punhe. O pedido foi feito pelos seus legítimos herdeiros, os irmãos, tendo em conta que a vontade de ficar sepultado em Vila Nova de Anha não ficou expressa por escrito. Rui Matos, o autarca de Anha, compreende que este seja um tema que é alvo de controvérsia na localidade mas diz que, sobre esta matéria, a Junta de Freguesia “não pode ter coração”, limitando-se apenas a cumprir aquilo que está previsto na lei e que é vontade legítima dos herdeiros do antigo pároco. No entanto, o atual Pároco de Vila Nova de Anha, Alfredo Sousa, fez questão de manifestar o seu apoio a todos quantos defendem que o Pároco que exerceu em Anha durante 28 anos lá fique sepultado. Por isso mesmo vai convocar, para os próximos dias, uma reunião Paroquial que, tudo indica, deverá acontecer Domingo à noite, visto que os irmãos do Padre Alípio Lima pretendem fazer a trasladação muito em breve. Uma reunião que poderá decidir outras formas de mostrar o descontentamento popular relativamente a este processo.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts