FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Jul 2015

Centro histórico de Caminha está pronto para 5 dias de Feira Medieval

A partir de quarta-feira, o município de Caminha entra na máquina do tempo e regressa à Idade Média. Este ano, a Feira Medieval de Caminha […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A partir de quarta-feira, o município de Caminha entra na máquina do tempo e regressa à Idade Média. Este ano, a Feira Medieval de Caminha tem como tema “Mystica et Alchimia” – ervas, poções, mezinhas e tradições. Até domingo, o centro histórico de Caminha vai ser “invadido” pelo mercado medieval, com animação de rua contínua com músicos, bobos, cavaleiros, teatro e aves de rapina; acampamento medieval; danças palacianas e danças do povo, torneio medieval com cavalos e cavaleiros, cortejos e a conferência Dia do Foral.
Nos próximos dias, Caminha vai transformar-se num mercado medieval, onde não faltarão os petiscos medievais, passando pela cerveja artesanal, produtos aromáticos, bijuteria, artesanato, couro, até aos brasões de família, brinquedos medievais, entre muitos outros artigos.
Este ano, a aposta recaiu no rigor do mercado medieval e no envolvimento das freguesias e associações do concelho no programa de animação cultural. Para tornar ainda mais atraente o mercado medieval, também os estabelecimentos comerciais se juntaram ao Município e vão regressar à Idade Média.
O dia de abertura, quarta-feira, será marcado pelo cortejo inaugural, que conta com a participação das freguesias e associações do concelho de Caminha, seguido do espetáculo equestre que animará o acampamento medieval.
No dia 23 de julho, quinta-feira, destacam-se ao “Autos de Gil Vicente”, pelo Grupo Dramático da Freguesia de Lanhelas e o espetáculo equestre.
Na sexta-feira, dia em que se assinala a outorga do Foral a Caminha, vai decorrer a conferência Dia do Foral Mystica et Alchimia, a cargo dos oradores Paula Pinto Costa /da Faculdade de Letras da Universidade do Porto); Adriaan de Man (da Universidade Nova de Lisboa) e Marta Pinto (da Faculdade de Letras de Lisboa). O dia termina com o desfile de cavaleiros pelo centro histórico.
No sábado, a programação é preenchida com o baile palaciano medieval, o torneio medieval com cavalos e cavaleiros junto ao Convento de Santo António e com os cantos medievais pela Academia de Música Fernandes Fão.
Esta edição termina no domingo, dia 26, com o cortejo de encerramento que contará com a presença das freguesias e associações do concelho.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts