FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Jul 2015

Ciclismo: Belga Gaetan Bille é o primeiro a vestir de Amarelo na Volta a Portugal

Gaetan Bille (Verandas Willems) venceu esta quarta-feira, em Viseu, o prólogo da 77ª Volta a Portugal Liberty Seguros, depois de completar os 6 quilómetros do […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Gaetan Bille (Verandas Willems) venceu esta quarta-feira, em Viseu, o prólogo da 77ª Volta a Portugal Liberty Seguros, depois de completar os 6 quilómetros do contrarrelógio, que abriu a competição, em 7 minutos e 22 segundos. Nascido em Soest, na Alemanha, mas de nacionalidade belga, o corredor de 27 anos, foi o vencedor do dia, mas não tem muita fé em manter a Camisola Amarela.
“Claro que estou feliz, mas agora é necessário ver etapa a etapa, sei que é complicado conservar a liderança. Se não conseguir acompanhar os trepadores, pelo menos quero voltar a dar nas vistas no contrarrelógio no penúltimo dia de competição.”
O último corredor dos 137 que iniciaram o percurso que atravessou o centro histórico da “Cidade Coração de Portugal” foi Gustavo Veloso (W52-Quinta da Lixa), o vencedor da Volta em 2014. Envergando a cor da vitória, partiu decidido a destronar o tempo do belga, mas gastou mais 3 segundos classificando-se em segundo lugar enquanto outro belga, Dimitri Claeys, companheiro de equipa de Gaetan Billie foi terceiro.
O melhor português foi José Gonçalves (Caja Rural – Seguros RGA), que ao gastar mais 16 segundos que o vencedor, foi quinto classificado.
Os vianenses…
Em dia de lutas individuais contra o cronómetro merecem também destaque os vianense Rui Sousa (Rádio Popular-Boavista) que foi 48º, César Fonte (Rádio Popular-Boavista), 51º e Sandro Pinto (Louletano-Ray Just Energy), 75º classificado.
2ª Etapa (31 de julho 2015) Macedo de Cavaleiros / Montalegre (Serra do Larouco) – 175,6 km
Para esta quinta-feira, na segunda tirada da Volta, está reservado o regresso a Macedo de Cavaleiros, ponto de partida para os 175,6 quilómetros (incluem quatro contagens de montanha), que vão terminar no alto da Serra do Larouco, em Montalegre, uma primeira categoria a 1.525 metros de altitude, na etapa mais longa da corrida.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts