FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Jul 2015

Ciclismo: Vicente de Mateos vence ao sprint no regresso da Volta a Trás-os-Montes

Vicente Garcia de Mateos ganhou ao sprint, esta quinta-feira, dia 30 de julho, a primeira e mais longa etapa da 77ª Volta a Portugal em […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Vicente Garcia de Mateos ganhou ao sprint, esta quinta-feira, dia 30 de julho, a primeira e mais longa etapa da 77ª Volta a Portugal em Bicicleta. Numa chegada em bloco para um primeiro pelotão com cerca 40 elementos, o espanhol, companheiro de equipa do vianense, Sandro Pinto (Louletano-Ray Just Energy) conseguiu bater pela diferença mínima, o algarvio Samuel Caldeira (W52-Quinta da Lixa) e o italiano Davide Vigano (Team Idea 2010 ASD).
“Esta é uma das vitórias mais importantes da minha carreira!” Foram as primeiras palavras do vencedor, de 26 anos, profissional desde 2009. Com o triunfo o espanhol vestiu a Camisola Vermelha BIC da classificação por pontos. O Camisola Amarela, o belga Gaetan Bille (Verandas Willems Cycling Team), terminou com o tempo do vencedor, integrado no pelotão, e apesar das dificuldades manteve o comando da prova.
“Foi muito difícil manter a camisola. O trabalho da equipa foi determinante”, referiu o belga sorridente, mas novamente sem acreditar que pode continuar líder com as montanhas que se aproximam.
Nas contas entre os primeiros classificados, Gustavo Veloso (W52-Quinta da Lixa) manteve o segundo lugar a três segundos de diferença e Samuel Caldeira surge agora na terceira posição a 15 segundos do primeiro.
Na festa de Bragança, que há 15 anos não recebia a Volta a Portugal, mereceu também honras de pódio para Hector Benito (Caja Rural-Seguros RGA). O espanhol vestiu a Camisola Branca RTP, símbolo que premeia o melhor jovem em prova e recebeu igualmente o Prémio Kombinado Kia. Desaparecido do palmarés da Volta a Portugal desde 2000, este prémio regressa agora para brindar o vencedor do somatório da pontuação nas diversas classificações da prova.
Os vianenses…
Na etapa os vianenses, Cesar Fonte foi 14º classificado e Rui Sousa 27º. Ambos os corredores (Rádio Popular-Boavista) acabaram a tirada com o mesmo tempo do vencedor. Sandro Pinto (Louletano-Ray Just Energy) terminou no 57º lugar a 19 segundos do seu companheiro de equipa.
Na geral individual, Rui Sousa é 30º classificado e César Fonte 32º. Os dois a 34 segundos do Camisola Amarela, o belga Gaetan Bille. Sandro Pinto leva 1 minuto e 3 segundos de atraso do lider da corrida e é 57º na geral.
2ª Etapa (31 de julho 2015) Macedo de Cavaleiros / Montalegre (Serra do Larouco) – 175,6 km
Para esta sexta-feira na segunda tirada está reservado o regresso a Macedo de Cavaleiros, ponto de partida para os 175,6 quilómetros (incluem quatro contagens de montanha), que vão terminar no alto da Serra do Larouco, em Montalegre, uma primeira categoria a 1.525 metros de altitude.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts