FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Jul 2015

Romaria d’Agonia regulamenta aluguer de cadeiras na via pública para “ordenar prática” e evitar abusos

Pela primeira vez, a Vianafestas, entidade promotora da Romaria D’Agonia, vai regulamentar a exploração do aluguer de cadeiras na via pública “como forma de ordenar […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Pela primeira vez, a Vianafestas, entidade promotora da Romaria D’Agonia, vai regulamentar a exploração do aluguer de cadeiras na via pública “como forma de ordenar aquela prática”. A organização explica que o aluguer de cadeiras será controlado durante os principais números das festas devido ao número de pessoas que visitam a cidade de Viana durante a romaria das romarias.
Desde a década de 60 que, além das bancadas que a VianaFestas instala nas principais artérias da cidade, nas restantes ruas, o aluguer de cadeiras era praticado por muitos particulares que aproveitavam para fazer negócio durante estes dias. Este ano, de 20 a 23 de agosto, durante a Romaria D’Agonia, e segundo a vereadora responsável pelo pelouro da cultura na autarquia vianense, a colocação de cadeiras, na via pública, para aluguer, “tem que ter uma autorização expressa da VianaFestas, mediante uma inscrição prévia”, a decorrer até final deste mês de julho.
Segundo Maria José Guerreiro, que também é presidente da VianaFestas, o regulamento permitiu que todas as pessoas tivessem, “atempadamente, conhecimento de quais as regras para que depois ninguém pudesse dizer que não sabia ou que não teve conhecimento”.
De acordo com o regulamento, “só serão aceites inscrições para exploração da via pública de associações culturais, sociais e desportivas”, o que deverá ajudar as associações, que também enfrentam dificuldades financeiras. Assim, explica a responsável, a prioridade será dada às associações, no que toca ao aluguer. As cadeiras para uso pessoal não são abrangidas por este regulamento.
”Aquelas situações que se verificavam de particulares que levavam 20 ou 30 cadeiras e alugavam, não pode ser dessa forma”, sublinhou a responsável. “É importante regular a forma solta como tudo isto tem sido feito”, admite Maria José Guerreiro, referindo “queixas” que existem por causa de alguns abusos.
O regulamento define ainda que “por cada quatro cadeiras”, as associações que ficarem com a exploração do seu aluguer, “deverão fazer um donativo de cinco euros à VianaFestas”.
Os locais disponíveis para instalações de cadeiras para aluguer das mesmas são a Rua Nova de Santana, Rua de Aveiro, Alameda João Alves Cerqueira e Marina.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts