FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Ago 2015

Município de Esposende oferece cheques-livro e dinamiza economia local

O Município de Esposende vai voltar a oferecer, no ano letivo 2015/2016, os manuais escolares a todos os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Município de Esposende vai voltar a oferecer, no ano letivo 2015/2016, os manuais escolares a todos os alunos do 1.º Ciclo do Ensino Básico do concelho, de acordo com deliberação aprovada em reunião do executivo, por unanimidade. A medida corresponde a um investimento que ultrapassa os 41 000 euros e vai abranger todos os alunos que, no ano letivo 2015/2016, irão frequentar do 1.º ao 4.º ano de escolaridade, independentemente do escalão de Abono de Família, num universo de aproximadamente 1300 crianças. A comparticipação do Município abrange os três manuais obrigatórios para cada ano de escolaridade, nomeadamente Língua Portuguesa, Estudo do Meio e Matemática, bem como o manual de Inglês do 3.º ano de escolaridade, que passa a disciplina obrigatória no próximo ano letivo para este grau de ensino. A oferta dos manuais escolares foi implementada pela Câmara Municipal no ano letivo transato numa perspetiva de apoio às famílias concelhias face ao contexto de crise. Contudo, a medida vai para além do caráter social, enquadrando-se também no plano de desenvolvimento económico do concelho. Com efeito, numa ótica de dinamização da economia local, o Município determinou que a aquisição dos livros seja feita, obrigatoriamente, nas empresas locais que se disponibilizaram para proceder à venda dos manuais, mediante a entrega de um cheque-livro, que é disponibilizado pela Autarquia a todas as famílias com alunos no 1.º Ciclo. Assim, para além de contribuir para aliviar os encargos financeiros das famílias, a oferta do cheque-livro reveste-se de singular importância para os agentes económicos locais, constituindo um apoio significativo à sua atividade. Trata-se, pois, de mais uma medida para impulsionar o setor económico do concelho, que se enquadra também nas políticas educativa e social do Município.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts