FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 22 Set 2015

Executivo Municipal de Monção aprova denuncia de contrato com Ministério da Educação

Depois das “ameaças”, o Executivo Municipal de Monção promete avançar para a denuncia do contrato com o Ministério da Educação. Não existindo, até à data, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Depois das “ameaças”, o Executivo Municipal de Monção promete avançar para a denuncia do contrato com o Ministério da Educação. Não existindo, até à data, a decisão de homologação da eleição do diretor do Agrupamento de Escolas de Monção, impasse que dura há mais de três anos, o Executivo Municipal de Monção aprovou, com seis votos a favor (PS e PSD) e um voto contra (CDS), uma proposta que visa reivindicar junto do Ministério a homologação do vencedor das eleições do Agrupamento de Escolas.
A proposta que foi aprovada pelo executivo monçanense reivindica ainda a nomeação do vencedor do ato eleitoral, Sérgio do Nascimento Gonçalves, como presidente de uma nova Comissão Administrativa Provisória (CAP), conferindo-lhe autonomia para a constituição da equipa.
O documento aprovado pelo executivo será agora objeto de apreciação e votação em reunião da Assembleia Municipal de Monção, marcada para esta sexta-feira, dia 25 de setembro, entrando em vigor, em caso de aprovação, na próxima segunda-feira, dia 28.
No primeiro ponto, confirma-se a denúncia unilateral do contrato de delegações de competências com o Ministério da Educação e Ciência, cujas implicações são a transferência do pessoal não docente das escolas básicas e da educação pré-escolar, suspensão das atividades de enriquecimento curricular no 1º ciclo do ensino básico e devolução da gestão do parque escolar no 2º e 3º ciclo do ensino básico.
No segundo ponto, propõe-se a não afetação de qualquer pessoal não docente por parte da autarquia para as atividades educativas nas escolas, independentemente do vínculo contratual que possuam com o Município de Monção. Estas tarefas estão relacionadas com a componente de apoio à família, incluindo fornecimento de refeições da educação pré-escolar e 1º ciclo, bem como o apoio ao prolongamento de horário da educação pré-escolar.
Face ao não reconhecimento oficial da Comissão Administrativa Provisória nomeada para o ano letivo 2015/2016 por parte do Município de Monção, e ao resultado inequívoco do último ato eleitoral para o cargo de diretor do Agrupamento de Escolas de Monção, no terceiro ponto da proposta é reivindicado junto do Ministério da Educação e Ciência a nomeação do vencedor do ato eleitoral, Sérgio do Nascimento Gonçalves, como presidente de uma nova CAP.
Esta proposta, que surge na sequência de o Ministro da Educação e Ciência, Nuno Crato, não ter aceite o pedido de avocação do processo de homologação da eleição, será agora objeto de apreciação e votação em reunião da Assembleia Municipal de Monção.
Na reunião, o autarca monçanense, Augusto Domingues, historiou todo o processo, com particular destaque no encontro realizado na última sexta-feira com o Ministro da Nuno Crato, em Lisboa. Naquele encontro, o autarca foi informado pelo governante que a questão da homologação estava pendente de uma ação administrativa e que este iria interceder para que os seus autores desistissem da queixa. Definiu ainda um prazo de três semanas para nova audiência.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts