FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 08 Set 2015

Monção lança tarifas especiais para famílias numerosas

A Câmara Municipal de Monção criou um tarifário especial para consumo de água ao domicílio e produção de águas residuais destinado a famílias numerosas, 5 […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Monção criou um tarifário especial para consumo de água ao domicílio e produção de águas residuais destinado a famílias numerosas, 5 ou mais pessoas. O respetivo regulamento, datado de 2004, já sofreu as necessárias atualizações, tendo sido objeto de audiência pública, publicado em Diário da República e aprovado no executivo municipal. As famílias interessadas devem agora requerer a aplicação do novo tarifário no Balcão Único de Atendimento da Câmara Municipal de Monção, edifício do Loreto, fazendo-se acompanhar da documentação solicitada: última declaração de IRS e respetiva nota de liquidação, atestado de residência e composição do agregado familiar, cartões do cidadão ou cartões de contribuinte e bilhetes de identidade de cada elemento. O tarifário especial para famílias numerosas consiste no alargamento dos escalões da tarifa variável por cada elemento do agregado familiar que ultrapasse as quatro pessoas: em 1 metro cúbico no 1º escalão e em 2 metros cúbicos nos 2º e 3º escalões. A criação de um tarifário familiar tem como objetivo garantir a igualdade tarifária das famílias numerosas em virtude de serem mais pessoas a consumir água domiciliária e a produzir águas residuais no mesmo local, promovendo uma redução nos valores da fatura aos utilizadores domésticos. O autarca monçanense, Augusto de Oliveira Domingues, considera que este apoio vem reforçar a política social do município, contribuindo para a diminuição dos encargos financeiros dos agregados familiares mais numerosos do concelho. A aplicação do tarifário familiar é válida para apenas um local de consumo, pelo período máximo de 1 ano, podendo ser renovada sucessivamente, a pedido do beneficiário, com a antecedência mínima de 30 dias em relação ao termo da anuidade.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts