FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 28 Set 2015

Taça de Portugal: Vianense vence nas grandes penalidades e garante apuramento para a 3ª eliminatória

O Sport Clube Vianense carimbou no domingo o passaporte para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal ao derrotar o Sporting Clube de Bustelo nas […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Sport Clube Vianense carimbou no domingo o passaporte para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal ao derrotar o Sporting Clube de Bustelo nas grandes penalidades (2-4) depois de uma igualdade a duas bolas (2-2) após prolongamento.
Na estreia de Andrés Madrid como treinador principal do clube centenário de Viana do Castelo, os donos da casa entraram melhor no jogo mas nunca conseguiram importunar o guardião Jonas. Na primeira metade do jogo a bola foi muito mal tratada pelos jogadores de ambos os emblemas e só um remate de Pepo à trave da baliza adversaria já perto do intervalo fez soar o alarme.
No inicio da segunda parte o Vianense voltou a dispor de uma situação clara para abrir o ativo. Chivarria em boa posição dentro da pequena área de Pedro não acertou com o alvo.
Como quem não marca sofre, o Bustelo numa das poucas descidas à área do Vianense aproveitou com eficácia um livre lateral para inaugurar o marcador. Aos 64 minutos Paulo Ferreira sem oposição da defesa azul e branca não desperdiçou a dádiva dos visitantes para fazer o primeiro golo do jogo (1-0).
Mesmo a perder, os pupilos de Andrés Madrid nunca baixaram os braços! Começaram a correr o dobro e conseguiram chegar à igualdade. Aos 80 minutos, Márcio, que tinha entrado no decorrer da segunda parte, foi persistente num lance que parecia perdido e levou o jogo para prolongamento (1-1).
Nos trinta minutos suplementares o Sport Clube Vianense trabalhou muito para poder chegar à vantagem e consegui. Logo nos cinco minutos iniciais do prolongamento a equipa da casa ficou reduzida a dez elementos. A expulsão de Azevedo de uma forma infantil acabou por ajudar os minhotos a inverterem o resultado a seu favor.
Aos 115 minutos, Márcio bisou (1-2) e tudo parecia decidido quanto ao vencedor final do desafio. O Vianense passava para a frente da eliminatória, só que novo erro defensivo quase deitava tudo a perder. No ultimo lance do jogo (aos 120 minutos) Rúben voltava a empatar o encontro (2-2). Lançamento lateral longo (em desespero) para dentro da grande área de Jonas, a defesa do Vianense voltou a falhar na marcação e Rúben muito oportuno levou o jogo para os penaltis (2-2).
No desempate através das grandes penalidades brilhou Jonas. O guardião do Vianense defendeu as duas primeiras e deu conforto aos seus companheiros para decidirem com êxito a eliminatória. Leandro marcou o penalti decisivo e carimbou o passaporte do Vianense para a proxima fase da competição.
Melhor desempenho do que este na prova rainha do futebol nacional, os vianenses só o conseguiram na época 2004/2005 quando chegaram à quinta ronda e foram afastados (1-3) pelo Boavista de Jaime Pacheco no Estádio Dr. José de Matos.
Atlético do Arcos apurado, Limianos e Vitorino de Piães eliminados.
Esta segunda eliminatória da Taça de Portugal em futebol registou este domingo a eliminação de duas equipas do distrito de Viana do Castelo. O Limianos foi derrotado em casa pelo Desportivo das Aves (0-1) e o Vitorino de Piães perdeu em Barroselas (Casa emprestada) com o Torre de Moncorvo (0-1).
Pela positiva o destaque vai para a vitória do Atlético dos Arcos de Leandro Morais. Os arcoenses eliminaram em casa o Alcochetense, com dois golos sem resposta (2-0).

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts