FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Out 2015

Inaugurada sede na celebração dos 19 anos da Associação dos Dadores de Sangue da Meadela

Este sábado, no dia em que assinalou 19 anos de existência, a Associação dos Dadores de Sangue da Meadela inaugurou uma nova sede. “Mudamos por […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este sábado, no dia em que assinalou 19 anos de existência, a Associação dos Dadores de Sangue da Meadela inaugurou uma nova sede. “Mudamos por necessidade de termos um espaço mais livre, amplo, para assim podermos ter mais condições para trabalhar, na promoção da dádiva, nas sensibilizações, na formação. Agora, com este imóvel, já nos dá para todas estas coisas, enquanto na antiga sede tínhamos um espaço muito mais reduzido”, explicou António Mesquita, presidente da associação. Por isso, declara que é uma “alegria” a inauguração do novo espaço, instalado num imóvel alugado.
“Associados é que temos poucos, apenas cerca de 170 sócios, não vivemos só com os associados. Fazem-nos falta, se calhar vamos ter de fazer uma campanha para angariação de sócios, pois temos sobrevivido com o apoio da Câmara Municipal de Viana do Castelo, União das Freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior e Monserrate) e Meadela , Instituto Português do Sangue e empresas particulares que nos vão apoiando financeiramente e com algum equipamento que nos é necessário”, explicou o responsável. Por mês, assume António Mesquita, as despesas rondam os 600 euros, entre aluguer da sede, contas e seguros.
“Isto é um trabalho totalmente voluntário. Ainda bem que a Associação tem um punhado de homens e mulheres que se dedicam gratuitamente, com todo o tempo que é necessário para fazer a sensibilização nas escolas e nas empresas”, declarou.
Por ano, a Associação dos Dadores de Sangue da Meadela faz “uma média de 36 a 38 recolhas”, conquistando cerca de 730 dádivas. Só este ano, já asseguraram 186 novos dadores. “Todo o sangue não chega, mas sinto-me satisfeito por termos angariado 186 dadores novos até este momento, quando ainda nos faltam 4 recolhas até final do ano”, declarou o presidente da associação aniversariante.
“Ao longo de todos estes anos de trabalho, certamente ajudamos a salvar muitas vidas”, garante António Mesquita, dizendo que promovem recolhas “nos vários pontos do concelho, desde fábricas, empresas, até escolas”.
José Maria Costa, presidente da Câmara de Viana, marcou presença no momento de inauguração e revelou que a autarquia tem “um grande apreço” por todas as associações de recolha de sangue do concelho. “A associação da Meadela está a funcionar desde 1996, é uma instituição já muito antiga, tem um corpo de dadores que é muito bom. Acima de tudo, é gente que está sempre disponível para eventos e atividades solidárias”, assumiu.
“Nunca nos poderíamos negar a este apoio porque são instituições voluntárias. Há muita gente que dá muito de si para que o nosso Hospital de Viana possa ter sangue em quantidade e qualidade, sendo quase auto-suficiente nas dádivas de sangue”, explicou, revelando que “com a minha presença, de assinalar e homenagear de uma forma singela todos aqueles que dão a sua vida para que outros possam ter vida”.
“Só devido ao trabalho destas associações e com as dádivas benévolas e espontâneas é que o nosso hospital tem sangue suficiente para atender às suas necessidades”, garantiu o autarca socialista.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts