FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 05 Out 2015

Monção investe 73 mil euros na requalificação do antigo balneário termal

A Câmara Municipal de Monção está a recuperar o antigo balneário termal da localidade, num investimento superior a 73 mil euros que deverá estar concluído […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Monção está a recuperar o antigo balneário termal da localidade, num investimento superior a 73 mil euros que deverá estar concluído até à próxima primavera. O edifício, localizado no Parque das Caldas e encerrado desde finais do século passado, encontra-se em fase de intervenção no exterior, sendo que as obras visam consolidar a estrutura, garantindo a sua preservação futura.
A intervenção prevista abrange apenas o exterior do edifício, propondo-se a reconstrução da clarabóia, coberturas em telha, picagem, execução de novos rebocos, pinturas exteriores, lavagem de superfícies em granito, aplicação de novas caixilharias nas portas e janelas e recuperação da ponte de acesso ao piso superior.
Com este investimento, o edifício ficará de cara lavada no seu aspeto exterior, faltando a reconstrução interior que será adaptada à nova funcionalidade. A autarquia ainda não definiu qual o seu futuro visto qualquer projeto ou ideia “esbarrar” na previsível inundação, com águas do rio Minho, de parte do edifício durante o inverno.
Augusto Domingues, autarca de Monção, afirma que “a empreitada tem como finalidade garantir a preservação futura de um edifício histórico para todos os monçanenses, assegurando, dessa forma, a memória coletiva da localidade associada à vivência termal”.
O autarca lembra que já foram feitas várias tentativas para dar uma nova vida ao antigo balneário termal, no entanto, a proximidade ao rio Minho e a possibilidade de inundação tem dificultado a concretização de um projeto consistente e duradouro.
O edifício data de 1801, conforme placa comemorativa do primeiro centenário, localizada no alçado nascente, funcionou sempre como balneário termal até finais do século passado, tendo sido substituído em 2001 com a abertura da nova unidade termal, inaugurada pelo então Presidente da República, Jorge Sampaio.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts