FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Out 2015

Orçamento Camarário: PSD de Caminha acusa Miguel Alves de “irresponsabilidade política” por “fugir” à apresentação do documento

O PSD de Caminha acusa o presidente da Câmara Municipal, Miguel Alves, de “irresponsabilidade política”. “Os vereadores do PSD foram convocados para uma reunião de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O PSD de Caminha acusa o presidente da Câmara Municipal, Miguel Alves, de “irresponsabilidade política”. “Os vereadores do PSD foram convocados para uma reunião de apresentação do orçamento, aliás como é de lei, mas qual não foi o espanto, quando verificaram que a reunião foi somente com o vereador Rui Teixeira, o qual não mostrou nenhum orçamento, nem quais as linhas gerais para as mais diversas áreas, limitando-se a falar dos pelouros que assume”, afirmam em comunicado, acrescentando que, nessa mesma altura, o autarca se ausentou do concelho para se apresentar em Lisboa ao lado de António Costa. Mais grave, diz Liliana Silva, é o facto de Miguel Alves ter tirado férias precisamente numa altura em que se discute um documento de importância suprema para o concelho. O PSD de Caminha diz ser “grave” não lhes ter sido apresentado um orçamento com informação concreta e pedirem-lhes atividades avulsas. Considera também grave, “que o presidente, em vez de estar no concelho a trabalhar neste tão importante documento, se tenha ausentado, tendo inclusive adiado a reunião de câmara marcada  para o efeito, para andar pelo largo do Rato a tratar de golpadas que em nada interessam ao nosso concelho”.  Acrescenta que “esta imaturidade política está a custar caro” ao concelho: “Gastou à tripa forra e agora não tem dinheiro para nada, nem se preocupa em acompanhar a elaboração de um orçamento que seja digno e rigoroso para fazer face à grave situação em que nos deixaram depois de tanta festa, avenças, e assessorias”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts