FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 17 Out 2015

Taça de Portugal: Vianense fez sofrer Benfica até ao fim

O Sport Clube Vianense perdeu (1-2) esta sexta-feira em Barcelos frente ao bicampeão nacional no ultimo minuto do jogo. O Benfica encontrou pela frente um […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O Sport Clube Vianense perdeu (1-2) esta sexta-feira em Barcelos frente ao bicampeão nacional no ultimo minuto do jogo. O Benfica encontrou pela frente um Vianense muito bem organizado, que quase fazia “estragos” no ninho da águia. Os encarnados seguem em frente na Taça de Portugal, mas não se livraram de um grande susto.
Carcela adiantou o Benfica já perto do intervalo (39 minutos), mas Mohamed, aos 79, empatou, com um golo de levantar o estádio, para a equipa de Viana do Castelo que disputa o Campeonato Nacional de Seniores. Quando o prolongamento parecia inevitável (o Vianense merecia lá chegar), Jardel marcou o golo da vitória aos 90 minutos.
Andrés Madrid gostou da exibição, mas lamentou a derrota no último minuto.
“Os meus jogadores estiveram muito bem e este resultado acaba por ser amargo por termos sofrido um golo no final. Se me dissesse que seria assim no início… Mas não deixo de ter orgulho. Fizeram o que eu queria e o que trabalhámos durante a semana. Espero que continuem assim no campeonato. Os jogadores automotivaram-se na segunda parte pela forma como entraram na primeira. Entraram muito fortes e na segunda parte queriam mais. É um misto de alegria pelo jogo que fizemos com a tristeza pelo resultado”, comentou à Geice FM.
“Prolongamento? Por mais forte que o adversário seja, faltando tão pouco e com um golo a nosso favor é claro que acreditei que poderíamos fazer uma surpresa. Espero levar coisas boas para o campeonato. Temos de aprender o sistema de jogo e a forma com quero que a equipa jogue. Só podemos melhorar”, explicou o técnico do Vianense.
Rui Vitória: «Parabéns ao Vianense, que se bateu bem e dificultou-nos a vida»
Aliviado por seguir para a 4ª eliminatória da Taça de Portugal, Rui Vitória apenas lamentou a falta de eficácia do Benfica, que acabou por complicar a vida dos encarnados no triunfo frente ao Vianense (2-1). Ainda assim, o técnico das águias mostrou-se feliz e deu os parabéns à equipa da casa.
“Ganhar era o primeiro objetivo. Na realidade, tivemos algumas dificuldades e depois acabámos por ganhar porque o Vianense aproveitou um belíssimo golo, num dos poucos remates à baliza e materializou isso. Por isto é que a Taça é tão interessante. Tivemos um conjunto de oportunidades que não aproveitámos e fomos dando oxigénio ao adversário, que foi sobrevivendo. Tínhamos que acabar com o jogo mais cedo mas não conseguimos nas muitas oportunidades que tivemos. Parabéns ao Vianense, que se bateu bem e dificultou-nos a vida. Ganhámos e fez-se justiça porque fomos a equipa que mais fez por isso e tinha de ganhar”, sublinhou o técnico.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts