FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 25 Nov 2015

Património do centro histórico de Viana inspira criadora para coleção de acessórios

Este fim-de-semana, será lançada, em Viana do Castelo, uma coleção de acessórios outono-inverno inspirada no património da cidade capital do Alto Minho. Sofia Araújo, proprietária […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Este fim-de-semana, será lançada, em Viana do Castelo, uma coleção de acessórios outono-inverno inspirada no património da cidade capital do Alto Minho. Sofia Araújo, proprietária da loja Close(t), no centro da cidade, começou há alguns anos a inspirar-se nas tradições vianenses para preparar coleções especiais e, este sábado, lança uma nova coleção que integra guarda chuvas, carteiras em cortiça e camisolas.
A coleção será apresentada pelas 15 horas deste sábado, na Casa Manuel Espregueira de Oliveira. A histórica casa foi um dos elementos que inspirou a criadora, que aproveitou a beleza dos azulejos da fachada do imóvel do século XIX, totalmente reabilitado, para preparar esta nova coleção.
Sofia Araújo assume que esta é uma “casa lindíssima” e que tem “detalhes espetaculares”. “Um dos elementos de um dos guarda-chuvas é a fachada da Casa Manuel Espregueira de Oliveira, que tem um azulejo riquíssimo e que funcionou muito bem, neste projeto”, garantiu a jovem criadora de 35 anos.
Para este projeto da marca “Biana”, Sofia convidou um fotógrafo local, Vítor Roriz.“Selecionamos imagens de monumentos, de momentos, como o fogo-de-artifício das festas da Agonia, os azulejos, o traje à Vianesa, a Praça da República, ícone da cidade, e detalhes das ruas antigas da cidade”, explicou Sofia Araújo.
“As peças são 100% portuguesas e os tecidos são escolhidos criteriosamente, assim como as imagens nelas impressas, tornando as peças num produto cultural”, realçou a criadora, adiantando que os guarda-chuvas “podem ser utilizados pelos homens, um público-alvo que ainda não tinha sido trabalhado”.
Sofia Araújo lançou a marca “Biana” em 2013, mas o grande crescimento do projeto aconteceu nas vendas na Romaria d’Agonia deste ano, com uma coleção de vestidos e blusas com motivos das festas vianenses. “A coleção de verão foi lançada no dia 01 de agosto e até às festas- entre 20 e 23 de agosto – vendemos mais de 400 peças”, assumiu a empresária, revelando que existem “pessoas que não têm nenhuma ligação à nossa cidade mas que ficam encantadas com o trabalho”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts