FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 19 Nov 2015

Mini Hóquei: Depois de Ponte de Lima segue-se Braga e Valença

Depois do sucesso da edição de Ponte de Lima, a Associação de Patinagem do Minho e o HC Braga organizam sábado, dia 28 de novembro, […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Depois do sucesso da edição de Ponte de Lima, a Associação de Patinagem do Minho e o HC Braga organizam sábado, dia 28 de novembro, o II Torneio de Mini-Hóquei de Benjamins e Bambis.
O Pavilhão das Goladas em Braga irá receber este torneio associativo que, através do Mini Hóquei promove a prática da modalidade em pistas reduzidas, com balizas adaptadas e com sticks e bolas adequados à idade dos jovens atletas.
Todos os clubes da AP Minho estão convidados a participar com equipas de Benjamins e Bambis e as inscrições podem ser feitas até dia 25 através da Associação.
André Carneiro, selecionador-adjunto da AP Minho e treinador do HC Braga – clube que irá estar presente com três equipas de Bambis e uma de Benjamins – explicou ao nosso site de que forma este tipo de eventos atraem os mais pequenos. “O Mini Hóquei foi uma das soluções que encontrámos no Minho, em concordância com a maior parte dos clubes associados, para fidelizarmos os atletas à nossa modalidade e evitarmos o abandono precoce”, refere.
Além de fazermos do Mini Hóquei uma festa da nossa modalidade, estamos a contribuir para que os atletas mais pequeninos possam demonstrar as suas habilidades ao público, se sintam mais motivados e, acima de tudo, se apaixonem pela modalidade”, explica o recém nomeado seleccionador regional.
Esta é já a segunda edição que a AP Minho realiza e o objectivo é mesmo organizar um torneio por mês, com todos os clubes da Associação a poderem candidatar-se a receber o evento.
“A primeira experiência foi um sucesso, cabe agora melhorar de edição para edição, remodelar os formatos competitivos se necessário e continuar a estimular os clubes a trabalharem cada vez mais atletas com idades pré-escolar”, deseja, apontando metas. “Dessa forma poderemos a médio prazo ter atletas mais evoluídos, com uma grande margem de progressão e que vão certamente fazer com que haja campeonatos mais competitivos no futuro”, indica.
“É muito importante, nesta fase da carreira dos atletas, não dar qualquer tipo de importância à competição e pôr sempre em primeiro lugar o jogo pelo jogo e a diversão, para que possam partilhar o hóquei com colegas de outros clubes e criarem, a partir daí, laços de amizade”, conclui.
A edição seguinte do Torneio de Mini Hóquei será em Valença.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts