FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 13 Nov 2015

“Náutica nas escolas” com 40% de aumento no investimento já chega a 1.800 alunos

O projeto “Náutica nas Escolas”, que pretende incentivar os mais novos para a prática de desportos ligados ao mar, está a revelar-se um verdadeiro sucesso. […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O projeto “Náutica nas Escolas”, que pretende incentivar os mais novos para a prática de desportos ligados ao mar, está a revelar-se um verdadeiro sucesso. O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo revelou que, no período de um ano letivo, tiveram de proceder a um aumento de 40% no investimento feito, para chegarem atualmente a 1.800 crianças do concelho.
José Maria Costa revelou a autarquia tem vindo a “consolidar” o projeto e que, “neste momento, temos 80 turmas do concelho de Viana do Castelo que praticam desportos náuticos, entre vela, remo, canoagem e surf”.
O autarca assume que este aumento no número de participantes implicou “uma subida do orçamento, no espaço de um ano, de 60 mil euros para 102 mil euros, mas garante que este é um investimento do executivo com o objetivo de incentivar um estilo de vida mais saudável e para promover os clubes do concelho.
“Independentemente deste montante, que é um esforço financeiro que a Câmara está a fazer por si, significa que estamos a ter uma grande adesão por parte dos agrupamentos escolares e que a náutica é também uma boa oportunidade para a promoção de estilos de vida saudáveis junto dos nossos jovens, para uma ocupação sadia e para a diversificação, conhecimento e sensibilização dos nossos alunos para os temas marítimos e para o mar”, realçou o edil.
José Maria Costa assume que Viana do Castelo é uma cidade náutica que tem “grande tradição nos desportos náuticos”, revelando-se “muito satisfeito por ver o concelho a aderir a esta iniciativa que, estou certo, trará bons resultados, não só no aumento na massa associativa dos clubes náuticos, mas também na prática desportivo e nesta relação que se quer cada vez mais íntima com os temas do mar”.
“É importante que os alunos possam ter, para além das atividades náuticas, espaços e oportunidades de encontro com a cultura costeira, com temas da biodiversidade, da sustentabilidade dos oceanos. Isso é, de facto, fundamental”, destacou ainda.
O projeto “Náutica nas Escolas” agrega as vontades dos agrupamentos escolares, dos clubes náuticos do concelho e da Câmara Municipal, sendo que os estudantes têm a oportunidade de fazer aulas de surf, canoagem, remo e vela enquanto atividades letivas curriculares nas disciplinas de Educação Física. As aulas estão a ser promovidas desenvolvidas nos centros náuticos de remo, canoagem e vela e no Centro de Alto Rendimento de Surf.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts