FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 23 Nov 2015

PSD acusa: “Mercado de Natal esconde cobardia política do Presidente da Câmara Municipal de Caminha”

Nova controvérsia em Caminha, agora por causa da realização do Mercado de Natal. De acordo com o PSD caminhense, o autarca local, Miguel Alves, decidiu […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Nova controvérsia em Caminha, agora por causa da realização do Mercado de Natal. De acordo com o PSD caminhense, o autarca local, Miguel Alves, decidiu colocar “uma empresa particular de eventos a recolher assinaturas por não ter coragem de decidir e assumir responsabilidades na realização de um mercado de Natal que vai concorrer com o fragilizado comércio Local”. De acordo com Liliana Silva, toda a polémica se iniciou com o facto do autarca ter aceite duas propostas distintas para um mesmo evento. O PSD de Caminha acrescenta que, com a realização deste Season Market, o “que irá acontecer na freguesia de Caminha é que os comerciantes irão ter um mercado de Natal a concorrer com as suas próprias lojas, exatamente nas datas em que mais se vende no concelho”. “ Dizer que os comerciantes poderiam estar presentes neste mercado é também uma falsa questão, uma vez, que dificilmente um comerciante consegue pagar o aluguer do espaço, manter a sua própria loja aberta e ainda pagar a colaboradores para irem ao dito mercado, porque será impossível estarem, presencialmente, em dois espaços em simultâneo”, acrescenta. O PSD de Caminha diz ainda concordar com todas as animações de Natal que venham complementar esta época festiva e que tragam mais pessoas ao concelho, “desde que essa oferta não concorra diretamente com o comércio local”.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts