FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 30 Nov 2015

Rodrigo Pinto de Barros reeleito Presidente da Aphort

Rodrigo Pinto de Barros foi reconduzido como presidente da APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo para um novo mandato de quatro anos […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Rodrigo Pinto de Barros foi reconduzido como presidente da APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo para um novo mandato de quatro anos (2015-2019). Na cerimónia de tomada de posse, Rodrigo Pinto Barros defendeu a importância do movimento associativo e a necessidade da APHORT estar na vanguarda deste movimento, proporcionando a todos os seus associados um conjunto de instrumentos e de alternativas capazes de potenciar a participação ativa e unida dos empresários do setor em torno de projetos e iniciativas de interesse comum. Um dos grandes sinais desta vitalidade associativa da APHORT materializa-se na composição do novo Conselho Geral, um órgão social onde mais de metade dos membros que o integram irão exercer funções pela primeira vez e onde a média de idades ronda os 47 anos, um indicador bastante jovem para o movimento associativo, revelador da elevada capacidade de renovação demonstrada pela Associação. Formado por 100 empresários representativos das várias áreas que compõem o setor do turismo (desde estabelecimentos hoteleiros, de cadeia e independentes; turismo de habitação e turismo rural; parques de campismo; hostels e apartamentos turísticos; restaurantes; restauração rápida; restauração coletiva; catering; pastelarias; cafés e bares com animação cultural), o Conselho Geral da APHORT apresenta um elevado grau de representatividade, não apenas no que diz respeito à diversidade empresarial, mas também ao nível da diversidade regional dos estabelecimentos representados e da diversidade cultural obtida através da inclusão de associados de diferentes nacionalidades e origens. Todos estes fatores irão, na opinião de Rodrigo Pinto Barros, “contribuir para o enriquecimento do trabalho desenvolvido pela APHORT, através da integração e da partilha de múltiplas visões, experiências e opiniões, permitindo um elevado dinamismo e capacidade de resposta, duas valências fundamentais para a política de ação que tem vindo a ser conduzida por esta Associação”. O presidente reeleito defendeu ainda a necessidade da APHORT se manter ativa e interventiva nos principais fóruns associativos do setor e junto do poder (seja a nível local, nacional ou europeu), bem como de estar atenta aos novos desafios que as mudanças na sociedade e na economia colocam aos empresários do turismo, nomeadamente em áreas diversas como o ambiente e os resíduos, a alimentação e a saúde, entre outros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts