FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Nov 2015

AFVC / 2ª Divisão: Vitória “totalmente justa” do Vianense B por 2-0 frente a um Perre “apático”

Na primeira parte, o Vianense começou a querer fazer valer o fator casa, ainda que com dificuldades em traduzir o domínio de jogo em oportunidades […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Na primeira parte, o Vianense começou a querer fazer valer o fator casa, ainda que com dificuldades em traduzir o domínio de jogo em oportunidades de golo. O Perre manteve-se sempre mais na expectativa, procurando solidez em termos defensivos e tentando explorar o contra-ataque. O Perre não criou oportunidades mas conseguiu defender de forma razoável. Destaque para dois ataques fortes do Vianense: primeiro, Dantas conseguiu isolar-se mas não conseguiu contornar o guarda-redes Faria, que impediu o homem do Vianense de marcar; no entanto, pouco depois, aos 38 minutos, o mesmo Dantas recebeu a bola já no interior da grande-área do Perre e, descaído sobre a esquerda, fez um bom remate, e Faria, apesar de ainda tocar na bola, não conseguiu defender, tornando possível o 1-0.
Na segunda parte, o Perre entrou mais forte e agressivo e, desde cedo, tomou conta do jogo. Apesar do domínio territorial, a defesa do Vianense foi sempre resolvendo, com muita ajuda de Gonçalo, que se revelou o patrão da defesa do clube da cidade.
O Vianense não deixou de explorar o contra-ataque e a as transições rápidas criaram dificuldades sérias à defensiva do Perre. Aos 65 minutos, após boa abertura, André Passos surge isolado frente a Faria, mas não concretizou. Aos 77 minutos, nova situação de transição rápida e, desta vez, foi Tátá a aparecer completamente isolado, mas Faria, mais uma vez, conseguiu evitar o segundo golo dos anfitriões. O Vianense, já em período de compensação, aos 92 minutos, fechou o marcador, com Luís Viana a fazer o golo que confirmou os três pontos para a sua equipa.
No final, em declarações à Geice, o treinador da equipa B do Vianense, César Gonçalves, assumiu que “hoje os rapazes estiveram muito bem, estou orgulhoso de treinar estes rapazes”. No entanto, referiu estar “com muitas dificuldades”. “Não é fácil treinar uma equipa do Vianense e, principalmente, uma equipa que não tem muitas alternativas”, declarou.
Já Francisco Dias, treinador do Perre, assumiu que esta foi uma derrota justa, dizendo que a equipa não lutou, na primeira parte, e que um maior esforço na etapa complementar não chegou para dar a volta ao resultado. “É uma vitória do Vianense B totalmente justa, só me resta dar os parabéns à equipa. Nós, Perre, se queremos ganhar os jogos, temos que encarar todos os jogos seriamente. Hoje não fomos sérios, viemos para aqui só com o equipamento vestido, praticamente. Em campo, estávamos completamente apáticos e isso acabou por ditar uma derrota totalmente justa”, realçou o responsável.

Rádio Geice FM em parceria com Jornal Alto Minho

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts