FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 31 Dez 2015

Fundação Bienal de Cerveira com novo Conselho Diretivo

Já foi nomeada a nova equipa de direção da Fundação Bienal de Cerveira, após a Câmara Municipal ter aceitado o pedido de termo de representação […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Já foi nomeada a nova equipa de direção da Fundação Bienal de Cerveira, após a Câmara Municipal ter aceitado o pedido de termo de representação apresentado pelo Pintor Henrique Silva e por Correia da Silva. Com a recente aprovação de novos estatutos, o organismo passa a ter dois diretores: Nuno Correia indicado pela autarquia e Camilo Ramos nomeado pelo Conselho de Fundadores. Dois grandes nomes da direção da Fundação Bienal de Cerveira acabam de cessar funções: na qualidade de vice-presidente e diretor artístico, Henrique Silva evocou razões pessoais, e Correia da Silva, enquanto Vogal, apresentou a imposição do Banco de Portugal. As pessoas que vão assumir o Conselho Diretivo até ao final do presente mandato autárquico já são conhecedoras dos ‘cantos à casa’, quer por anteriores funções, quer por ligações às artes, à Bienal e a Cerveira. Desta forma, o presidente da autarquia, Fernando Nogueira, continuará a assumir o cargo de presidente do Conselho Diretivo, Nuno Correia será o vice-presidente e, por nomeação do Conselho de Fundadores, Camilo Ramos irá ocupar o cargo de Vogal da direção. O edil cerveirense e presidente da Fundação Bienal de Cerveira sublinha o fecho de um ciclo de enorme qualidade e a abertura de uma nova etapa que acarreta inúmeros desafios. Promover a arte contemporânea no plano nacional e internacional, através da programação anual multidisciplinar, da organização das bienais de arte, da gestão e conservação do espólio da Fundação, da criação do Museu da Bienal de Cerveira e do apoio ao empreendedorismo criativo, é a missão da Fundação Bienal de Cerveira.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts