FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 07 Dez 2015

Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores dos ENVC vende material da sede aos associados

Ao longo desta semana, a direção do Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo vai promover, aos associados, a […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Ao longo desta semana, a direção do Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo vai promover, aos associados, a venda de material diverso da atual sede, por meio de licitação em sobrescrito fechado. A poucos dias de ter de abandonar o espaço onde a sede do Grupo funcionou quase cinco décadas, a direção está a vender aparelhos diversos, mobiliário, material de cozinha e material de auditório. O material pode ser observado pelos associados na atual sede social do Grupo, esta segunda-feira, das 18 às 19 horas, e na quarta-feira, também das 18 às 19 horas.
Segundo consta no edital, a que a Geice teve acesso, os interessados deverão apresentar as propostas em carta fechada e depositá-las em local próprio no tombadilho, discriminando o preço individual por referência de material. A entrega de propostas poderá ser efetuada no Tombadilho até à data limite de 11 de dezembro, pelas 15h00, e a abertura das mesmas está marcada para as 18 horas do mesmo dia.
Da lista, que inclui 57 referências, consta um desumidificador, colunas de som, uma televisão, uma máquina de filmar VHS, e até uma árvore de Natal de grande porte. Mesa de mistura, amplificador de som, ventoinhas, monitor, leitor de DVD, são outros dos aparelhos disponíveis para venda. No que toca a mobiliário, mesas e cadeiras fazem parte da lista, bem como alguns móveis. Para a cozinha, vão ser vendidos um fogão, um exaustor, um esquentador e uma arca congeladora, entre outros materiais. No que toca a bens do auditório, estarão à venda “66 Cadeiras Almofadadas Individuais c/ Base metálica, 1 Desumidificador marca IGNIS, 2 Projectores Halogénio WHATS e 4 Colunas de Som”.
 “Após abertura, as propostas serão submetidas a avaliação por parte da direção, que se reserva ao direito de não efetuar a venda dos referidos artigos, caso entenda que as propostas não satisfaçam os melhores interesses da coletividade”, lê-se no edital do Grupo Desportivo e Cultural.
“Após formalizada a adjudicação, a recolha deverá ser efetuada no máximo até dia 18 de dezembro. Na eventualidade do adquirente não recolher o objeto no prazo determinado, será efetuada a adjudicação ao licitante subsequente por ordem de classificação”, refere ainda o documento.
Até final deste ano, e cinco décadas depois, o Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo vai mudar a localização da sede. O grupo criado por trabalhadores dos antigos ENVC vai abandonar o edifício localizado nas traseiras do Largo das Almas, espaço onde estava instalado desde a fundação, pelo facto de não ter chegado a acordo com o proprietário do espaço quanto à duração do contrato e o valor a pagar.
Manuel Ramos, presidente do  Grupo Desportivo e Cultural dos Trabalhadores dos ENVC, revelou à Geice que a sede, até agosto de 2014, estava com os ENVC como “inquilino” e, depois disso, o proprietário “tornou muito difícil um novo contrato porque nunca admitiu que este ultrapassasse os três anos e pelo valor exorbitante que pedia”. Até 31 de dezembro, o Grupo Desportivo e Cultural “vai ter que deixar o espaço que ocupa há quase 50 anos e mudar-se para outro local dentro da cidade”. A nova sede do grupo deverá ficar instalada na Avenida Rocha Páris, também no centro da cidade, e a reabertura no novo lugar deverá acontecer no início de 2016.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts