FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 20 Jan 2016

Autarca admite transformar Pousada da Juventude do Navio Gil Eannes em espaço museológico

A Fundação Gil Eannes está a ponderar transformar a Pousada da Juventude do Navio Gil Eannes, desativada desde os primeiros dias de 2013, num espaço […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Fundação Gil Eannes está a ponderar transformar a Pousada da Juventude do Navio Gil Eannes, desativada desde os primeiros dias de 2013, num espaço museológico. A garantia foi dada por José Maria Costa, autarca de Viana do Castelo e responsável pela fundação: “O espaço da Pousada, estamos a ponderar instalar lá novas áreas museológicas. Temos um espólio muito rico que ainda não está a ser mostrado à população”, indicou o edil.
O autarca socialista admite que a autarquia precisa de mais espaços de museu e que a antiga pousada flutuante pode servir esse propósito. “Como sabe, o Governo anterior efetuou muitos cortes em diversas áreas e, a nível da Juventude, foi o que aconteceu. A Pousada da Juventude, a nossa como muitas outras a nível nacional, foi desativada. A Fundação Gil Eannes está, neste momento, a fazer uma avaliação da situação e, provavelmente, até teremos uma outra função para aquele espaço que estava destinado à Pousada. Nós necessitamos de ter mais espaços de exposição, visto que o nosso espólio tem vindo a crescer, e há também algum espólio dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) que também precisa de espaços de musealização e uma hipótese que está a ser ponderada é utilizar parte daquilo que era a Pousada da Juventude como uma área expositiva”, revelou José Maria Costa. “É uma matéria que a administração da Fundação está a avaliar. Provavelmente a Fundação irá decidir não continuar com a Pousada mas sim optar por outra solução”, frisou.
“Aquilo que queríamos era que houvesse um centro de interpretação ligado à construção naval que pudesse estar residente no navio, visto que o Gil Eannes foi construído nos Estaleiros. Gostaríamos de ter algum material exposto, dando nota do trabalho notável que os Estaleiros fizeram na década de 50 do século passado”, revelou o autarca.
No início de 2013, a Pousada de Juventude do Navio Gil Eannes fechou, tendo a Movijovem justificado o encerramento da única pousada flutuante do país, com os elevados custos de manutenção e com uma taxa de ocupação baixa. O encerramento fez parte do fecho de várias pousadas no país, pelos mesmos motivos. “Estamos a pedir alguns orçamentos. Aquilo que nós verificamos nas entidades que foram consultadas para serem alternativas à Movijovem, é que queriam que a Fundação fizesse as intervenções no próprio navio, o que para nós era um pouco complicado”, indicou o socialista.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts