FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 13 Jan 2016

Calendário Gastronómico: Ponte da Barca entra no novo ano com cor, sabor e tradição

Ponte da Barca já apresentou o Calendário Gastronómico 2016. Para além dos domingos gastronómicos que arrancam já no mês de fevereiro com o Cozido à […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Ponte da Barca já apresentou o Calendário Gastronómico 2016. Para além dos domingos gastronómicos que arrancam já no mês de fevereiro com o Cozido à Portuguesa  (dia 07), da Lampreia (06 de março) e do Sarrabulho (13 de novembro), que a autarquia barquense promove há já vários anos, e do fim-de-semana gastronómico da Posta Barrosã (8 a 10 de abril), em parceria com o Turismo do Porto e Norte de Portugal, este ano juntam-se a estes o novo prato da gastronomia barquense, o Naco à Terra da Nóbrega (23 de outubro), lançado no ano passado numa parceria com a APHORT – Associação Portuguesa de Hotelaria, Restauração e Turismo, e o Cabrito à Serra Amarela (17 de julho), complementando assim a oferta gastronómica já existente e enriquecendo o cardápio dos restaurantes barquenses. A acompanhar as várias iguarias o afamado vinho verde e, para terminar, nada como forrar o estômago com os doces típicos como o Bolo Branco, o Leite-Creme (queimado), as Rabanadas de Mel, as Queijadas de Laranja e o ‘Magalhães’, concebidos em homenagem ao navegador Fernão de Magalhães que aqui teve o seu berço. A par da gastronomia, o autarca Vassalo Abreu aproveitou para destacar Ponte da Barca tanto ao nível dos espaços e equipamentos, lembrando ‘a excelência da gastronomia barquense, o afamado vinho verde e o alojamento de qualidade’, para além das ‘inúmeras potencialidades deste território inserido no Parque Nacional da Peneda Gerês, Reserva Mundial da Biosfera, classificado pela UNESCO’. Vassalo Abreu salientou ainda ‘toda a atividade cultural, desportiva e turística promovida ao longo do ano pelo município que concorre para um só objetivo: a promoção e potencialização do nosso concelho e do que ele tem de melhor’, dando destaque ao Pai Velho – Entrudo Tradicional do Lindoso, à Festa das Tradições, ao projeto 12xpontedabarca – programa anual de trilhos, ao Festival Folk Celta, que vai este ano para a sua nona edição, à Romaria de S. Bartolomeu, à Festa das Vindimas, e ao Mercado de Natal e ancestral Feira do Mel.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts