FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 24 Jan 2016

Hóquei em Patins: Juventude de Viana não consegue ultrapassar o FC Porto

Na visita do Porto ao Pavilhão de Monserrate, a Juventude de Viana vendeu cara a derrota na 13ª jornada do campeonato nacional de hóquei em […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Na visita do Porto ao Pavilhão de Monserrate, a Juventude de Viana vendeu cara a derrota na 13ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins da 1ª divisão. Os visitantes acabaram por vencer por 2-6, apesar da boa imagem deixada pelos Vianenses.
Na primeira metade os lances de bola parada acabaram por fazer a diferença. Num jogo pautado pelo equilíbrio marcou primeiro o FC Porto de grande penalidade convertida por Gonçalo Alves (0-1). Foi ainda de bola parada que a Juventude de Viana empatou num livre direto convertido por Tó Silva (1-1). Também de livre direto aumentou a vantagem Gonçalo Alves (1-2) e Nuno Félix respondeu de grande penalidade (2-2). A Juventude de Viana ainda dispôs de mais dois lances de bola parada que não conseguiu converter e foi Jorge Silva a levar o Porto para o intervalo com vantagem mínima (2-3).
A começar o segundo tempo, o Porto entrou a todo o gás e ampliou a margem de segurança no resultado. Gonçalo Alves fez o hat trick pessoal e colocou os visitantes a vencer por 2-4.
Até final muita disputa com a Juventude de Viana a procurar o empate mas foi o Porto a levar a melhor apesar da boa réplica dos vianenses. Gonçalo Alves tornou-se o homem da partida ao assumir de bola parada o quinto golo da sua equipa (2-5) e Telmo Pinto fechou as contas na partida (2-6).
Excelente arbitragem de Joaquim Pinto e Paulo Almeida de Aveiro
Com este resultado a Juventude de Viana soma os mesmos 19 pontos, mas tem ainda um jogo em atraso. O FC do Porto não se atrasa mais na corrida pelos lugares cimeiros e soma 30 pontos.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts