FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 27 Fev 2016

Autarquia de Caminha adere ao Desafio Gulbenkian “Não à Diabetes!”

A Câmara Municipal de Caminha aderiu ao Desafio Gulbenkian “Não à Diabetes!” com o objetivo de combater a Diabetes, considerada pela Organização Mundial de Saíde […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

A Câmara Municipal de Caminha aderiu ao Desafio Gulbenkian “Não à Diabetes!” com o objetivo de combater a Diabetes, considerada pela Organização Mundial de Saíde como pandemia do século XXI, no concelho. Este projeto vai permitir identificar a nível nacional e concelhio os diabéticos que desconhecem ser portadores da doença, promovendo a sua inclusão no Sistema nacional de Saúde e prevenir que os indivíduos com elevado risco (pré-diabéticos) desenvolvam a doença, através de um plano dirigido à promoção da saúde e da adoção de estilos de vida saudáveis.
Deste modo, até ao final do mês, o Município de Caminha vai criar uma equipa multidisciplinar constituída por elementos da Câmara Municipal, que inclui o designado gestor de Prevenção da Diabetes, e das instituições locais de saúde, ou seja, uma equipa composta por elementos da área do desporto, saúde e da psicologia. O projeto “Não à Diabetes!” tem dois objetivos: prevenir, isto é, evitar que 50 mil pré-diabéticos desenvolvam a doença nos próximos cinco anos e identificar, no mesmo período, 50 mil diabéticos que desconheçam ser portadores da doença.
O Desafio Gulbenkian “Não à Diabetes!” é um projeto tripartido entre o Município de Caminha, a Associação Nacional de Municípios Portugueses e a Fundação Calouste Gulbenkian. Trata-se de um projeto que pretende desenvolver programas conjuntos entre municípios, unidades de saúde, instituições locais e população, integrados nas áreas da promoção da saúde, de estilos de vida saudáveis e de prevenção da diabetes.
Cada município fará o rastreio de 25% da sua população adulta, encaminhando os indivíduos identificados como potencialmente diabéticos ou pré-diabéticos para os Centros de Saúde, onde serão desenvolvidos programas educativos para promover a adoção de estilos de vida saudáveis.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts