FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 22 Fev 2016

“Capital da flor” acolhe cerca de 450 atletas para XII BTT XCO de Vila Franca

Vila Franca, freguesia do concelho de Viana do Castelo, quer afirmar-se como a “capital do BTT”. Para isso, nos próximos dias 12 e 13 de […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Vila Franca, freguesia do concelho de Viana do Castelo, quer afirmar-se como a “capital do BTT”. Para isso, nos próximos dias 12 e 13 de março, a freguesia acolhe o evento XII BTT XCO de Vila Franca – GNAUK – 1ª prova da Taça de Portugal XCO – Categorial Internacional C2, prova pontuável para o apuramento dos Jogos Olímpicos. Os Amigos do Desporto da Associação Cultural e Recreativa de Vila Franca, com o apoio da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal de Viana do Castelo, esperam juntar algumas centenas de desportivas na iniciativa.
Ricardo Costa, da organização e ex-ciclista, assumiu, em conferência de imprensa do evento, esta segunda-feira, a bordo do navio Gil Eannes, que uma parte considerável dos participantes é estrangeira. “Sendo esta uma prova pontuável para os Jogos Olímpicos, temos uma expetativa para 400 ou 450 atletas, sendo que teremos 10 a 15% de atletas internacionais de algum nível”, indicou o responsável.
A prova será promovida num circuito que terá como base a paisagem da freguesia de Vila franca, desde o espaço envolvente do Adro da Paróquia de S. Miguel aos trilhos mais sinuosos da encosta do Monte de Roques.
Já Vítor Lemos, vereador com o pelouro do desporto na autarquia vianense, indicou que “a aposta segura para o futuro, no BTT, é cada vez mais Vila Franca”. “Vila Franca é uma freguesia muito bonita, a freguesia que promove a Festa das Rosas, muito florida, e que se quer afirmar, no panorama do BTT, como capital da modalidade”, vaticinou.
“Nós acreditamos no desporto, mas a cidade também precisa do turismo. O que temos vindo a fazer é esta combinação do turismo desportivo, apostando numa série de eventos nacionais e internacionais que podem trazer muitas pessoas à nossa cidade”, defendeu.
Paulo Carvalhido, presidente da Junta de Freguesia de Vila Franca, realçou que esta é já a quarta prova de BTT que a freguesia acolhe neste mandato, ou seja, em menos de dois anos e meio. “Este é um evento à escala nacional e internacional, vamos para uma prova com uma envergadura que não é normal no Alto Minho”, frisou.
“Portugal precisa, por esta altura, de subir dois lugares no ranking olímpico, de forma a garantir um segundo BTTista nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro”, referiu a organização, tendo em conta que a prova de Vila Franca é pontuável para o apuramento dos Jogos. “Queremos que esta prova contribua para a seleção do segundo atleta para os Jogos”, realçou também o presidente da Junta de Freguesia.
Este evento tem também o apoio da Federação Portuguesa de Ciclismo e da Associação de Ciclismo do Minho. A prova disputa-se em conformidade com os Regulamentos UCI (provas internacionais) e UVP/FPC, sendo o colégio de comissários a única entidade responsável pela aplicação dos mesmos. A prova em Vila Franca destina-se exclusivamente aos atletas com licença desportiva de competição, para todas as categorias de ambos os sexos (Cadetes, Juniores, Sub-23, Elites e Masters).

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts