FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 17 Fev 2016

Depois do temporal, Câmara de Melgaço avalia estragos

Foram várias as freguesias de Melgaço afetadas pelo mau tempo que se fez sentir no passado fim-de-semana. As freguesias mais atingidas pela intempérie foram Fiães […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Foram várias as freguesias de Melgaço afetadas pelo mau tempo que se fez sentir no passado fim-de-semana. As freguesias mais atingidas pela intempérie foram Fiães e União de Freguesias de Chaviães e Paços com várias estradas cortadas e com derrocadas de muros. As freguesias de Cristoval, Penso, Alvaredo e União de Freguesias de Vila e Roussas foram também afetadas pela intempérie. Durante o fim-de-semana a Câmara Municipal de Melgaço e a Proteção Civil acompanharam no terreno as situações mais graves e, hoje, efetuaram um levantamento exaustivo de todos os danos, reuniram com vários munícipes, bem como com os presidentes das juntas mais afetadas para agora intervir de imediato na resolução das situações mais urgentes. Melgaço foi apenas um dos concelhos atingidos pelo forte temporal. As zonas ribeirinhas do distrito foram as mais afetadas. Ponte de Lima, Ponte da Barca e Arcos de Valdevez foram exemplo disso. Já no Minho foram também fortemente afetados os concelhos de Monção, Vila Nova de Cerveira e Valença, neste último caso obrigando a autarquia a realojar várias famílias de um acampamento cigano. Em Caminha a subida das águas do Coura também fez estragos, nomeadamente em Vilar de Mouros.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts