FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 11 Fev 2016

Inundação no Cinema Verde Viana cancela sessões cineclubistas da AO NORTE

Uma inundação no Cinema Verde Viana, em Viana do Castelo, obrigou ao cancelamento das sessões cineclubistas da AO NORTE – Associação de Produção e Animação […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Uma inundação no Cinema Verde Viana, em Viana do Castelo, obrigou ao cancelamento das sessões cineclubistas da AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual. Assim, a sessão prevista para esta quinta-feira, 45 ANOS, de Andrew Haigh, já não se poderá realizar.
Carlos Viana, presidente da associação, revelou que a sala do Cinema Verde Viana, onde acontecem, todas as quintas-feiras à noite, estas sessões, está com uma infiltração de água que impede a realização das mesmas. As sessões foram suspensas “por tempo indeterminado” por causa de “graves infiltrações de água que danificaram a sala e o equipamento de som”.
 “Infelizmente ainda não temos perspetivas para regressar. Pensamos reunir muito brevemente com o presidente da Câmara Municipal de Viana e com a vereadora da cultura, a Dra. Maria José Guerreiro, para tentarmos encontrar uma solução para a cidade, porque pensamos que é uma mais-valia que os vianenses tenha estas sessões de cinema alternativo”, declarou o representante da associação que, em 2014, recebeu o galardão de Instituição de Mérito da Câmara Municipal de Viana do Castelo.
“Para os arranjos, será precisa uma verba considerável, porque a sala está muito degradada”, indicou ainda o responsável, explicando que “a infiltração foi acontecendo, mas com a chuva dos últimos dias, a situação foi piorando e provocou mesmo uma inundação na sala”.
“Sendo a programação de cinema de qualidade uma atividade relevante na oferta cultural da cidade e um dos principais objetivos do Cineclube, estamos a trabalhar para que a as sessões regressem, brevemente, a Viana do Castelo”, garante a direção. “Esta era uma oferta diferente do cinema do shopping, mais comercial e de entretenimento, e que também é preciso. Mas para uma cidade que é capital do distrito, estas sessões com cinema de qualidade também são necessárias e a adesão às nossas sessões provam isso”, realçou, dizendo que cada sessão contava com “uma média de 45 a 50 pessoas, dependendo dos filmes”.
A AO NORTE foi fundada em dezembro de 1994 e é uma associação sem fins lucrativos. Tem por fim a produção e a divulgação audiovisual, bem como a cooperação para o desenvolvimento na área do ensino, educação e cultura. Tem o estatuto de ONGD (Organização Não Governamental para o Desenvolvimento) e o de utilidade pública. A sua atividade estrutura-se em três vertentes principais: a divulgação de cinema, a produção de documentários e a formação.
Na área da divulgação promove sessões de cinema semanais, as Sessões Cineclubistas, no Cinema Verde Viana, e as Sessões Especiais. Já exibiu centenas de filmes, muitos deles destinados aos alunos das escolas, com o objetivo de formar novos públicos. Agora, estas sessões estão suspensas devido à falta de condições da sala.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts