FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 21 Fev 2016

Luís Montenegro diz que PSD tem “poucas” Câmaras no Alto Minho e pede empenho

O líder parlamentar Luís Montenegro colocou a fasquia bem alta para as eleições autárquicas de 2017 e pediu o empenho de todos os militantes do […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

O líder parlamentar Luís Montenegro colocou a fasquia bem alta para as eleições autárquicas de 2017 e pediu o empenho de todos os militantes do PSD. Na tomada de posse dos órgãos distritais do Partido Social Democrata de Viana do Castelo, Luís Montenegro revelou que é “frustrante que nós só tenhamos duas Câmaras em dez no distrito”. “Duas é pouco. Se chegarmos a 2017 e não crescermos, a culpa é tua”, brincou Luís Montenegro, dirigindo-se a Morais Vieira, que acabara de tomar posse como presidente da Comissão Política Distrital (CPD) do Alto Minho.
Elogiando Carlos Morais Vieira, o líder parlamentar referiu que “ele simboliza a alma social-democrata de disponibilidade e entrega. Ele presidiu, no último mandato, a esta Comissão Política Distrital e, de facto, venceu todas as eleições que tivemos.” “Com autarcas deste gabarito, com deputados deste gabarito, temos de reforçar a presença política do PSD no Alto Minho”, declarou o líder parlamentar.
“Não é altura de seguirmos o caminho da desunião. O estigma da desunião é o caminho para o fracasso. Para ganhar, é preciso unir. Queria que todos sentissem essa responsabilidade”, frisou Luís Montenegro.
Antes, Carlos Morais Vieira, no discurso de tomada de posse enquanto presidente da CPD, agradeceu aos militantes que lhe garantiram a vitória. “Uma palavra muito especial para todos os militantes que se mobilizaram no passado dia 31 de janeiro, que de uma forma nunca vista no nosso distrito, expressaram a sua vontade e permitiram a eleição destes órgãos distritais com uma legitimidade política acrescida e absolutamente inquestionável”, declarou.
“Contados os votos, importa agora sabermos conciliar as nossas diferenças. A diversidade de opiniões nunca me assustou. Convivo muito bem com a pluralidade.”, referiu. “O último mandato da Comissão Política Distrital a que presidi deixou a fasquia bem alta. Vencemos, no distrito de Viana do Castelo, todas as eleições que se realizaram: as eleições europeias, eleições legislativas e presidenciais. Cabe agora a esta equipa dar novamente resposta à confiança que nos foi depositada pelos militantes e criar condições para que também, nas próximas eleições autárquicas de 2017, consigamos o sucesso”, assumiu o responsável do PSD Alto Minho.
“Temos ideias muito concretas para o trabalho político que pretendemos desenvolver nos próximos dois anos: um trabalho de proximidade; um trabalho genuinamente virado para as pessoas; um trabalho articulado, pensado estrategicamente, sem ser casuístico e reativo; um trabalho com a meta clara de aumentarmos a nossa representatividade autárquica no distrito”, indicou ainda, referindo que tem de ser promovido “um trabalho articulado e participado por todos, sem egocentrismos, sem vontades pessoais, sem fanatismos exacerbados; sem reações e coações precipitadas para nos colocarmos como protagonistas e eventuais candidatos aos lugares.”
Morais Vieira promete, para breve, a realização de um grande fórum autárquico do PSD, prometendo também dinamizar o Gabinete de Estudos. O responsável da CPD assegura ainda vontade de criar um gabinete de imprensa e manter a dinâmica do Instituto de Formação Carlos Mota Pinto.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts