FECHAR
Logo
Capa
A TOCAR Nome da música AUTOR
admin 29 Fev 2016

Melgaço resgata arquivos das escolas primárias desativadas para preservar memória

Em Melgaço, o município quer preservar a memória das escolas primárias que encerraram e, por isso, a Câmara Municipal tem vindo desde 2004 a resgatar […]

Acessibilidade

Ouvir
Aumentar Texto Diminuir Texto
Contraste Contraste

Em Melgaço, o município quer preservar a memória das escolas primárias que encerraram e, por isso, a Câmara Municipal tem vindo desde 2004 a resgatar os arquivos dos estabelecimentos desativados. Esta iniciativa já possibilitou a recuperação de um conjunto significativo de cadernos dos antigos alunos das Escolas Primárias de Chaviães – núcleo da Portela, Prado e Paderne – núcleo do Peso.
Desta recolha resultou essencialmente um conjunto de registos diários da frequência com informações relativas às presenças, faltas e movimento dos alunos, alguns copiadores de correspondência, atas, livros de ponto, registo de visitas respeitantes ao serviço de inspeção e disciplina, bem como de orientação pedagógica e aperfeiçoamento de ensino, entre outros da Caixa Escolar nomeadamente livros de registo de sócios, atas, bem como os estatutos publicados e registos de receita e despesa.
O executivo de Melgaço já resgatou arquivos documentais das escolas primárias de Vila, Chaviães, Cristóval, núcleos de Cristóval e de S. Gregório, Fiães – núcleos de Adedela e do Terreiro, Paderne – núcleos de Além, do Peso, e de Cabeceiras, Paços, Prado e os jardins de infância de Alvaredo, Chaviães e Santo Cristo.
Neste sentido, aqueles que estiverem interessados em recuperar os seus cadernos deverão consultar as listas de cadernos para devolução no portal do Município em www.cm-melgaco.pt e dirigir-se ao Arquivo Municipal para os reaver.

Comentários

Últimas notícias

mais notícias

Últimos podcasts

mais podcasts